Inicio » Política » Petição que pede cassação de Bolsonaro passa de 220 mil assinaturas

Petição que pede cassação de Bolsonaro passa de 220 mil assinaturas

A petição no site Avaaz, que pede a cassação do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), passou de 220 mil assinaturas nessa segunda-feira (15). O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS), afirmando que “não a estupraria porque ela não merecia”.

O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS)
O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS)

Na descrição, o criador da petição justifica que o deputado já tem um histórico de agressões, xingamentos e discursos de ódio contra outros colegas parlamentares de frentes mais progressivas.

Veja a íntegra do texto que está na página com a petição do site Avaaz.

— CHEGAMOS AO 200 MIL—
A LUTA CONTINUA! Essa petição é de todos nós que defendemos a democracia, por isso divulgue nos seus grupos, com seus amigos! FAÇA PARTE DA HISTÓRIA!!!
#Rumo500milassinaturas
#ForaBolsonaro

No Facebook – Um evento foi criado na rede social Facebook em defesa da deputada Maria do Rosário (PT-RS) e já conta com mais de onze mil “confirmações”. Os adeptos do#FORABOLSONARO são convidados a participar de um ato de repúdio, marcado para esta quarta-feira (17), às 14h, na Câmara dos Deputados.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).