Inicio » Mais Seções » Ciência » Sentir-se mais jovem prolonga a vida, diz estudo

Sentir-se mais jovem prolonga a vida, diz estudo

As pessoas que se sentem três ou quatro anos mais jovens do que são registram uma taxa de mortalidade menor que as que se veem mais velhas, segundo um estudo publicado na segunda-feira (17). Os pesquisadores analisaram os dados provenientes de um relatório sobre envelhecimento de 6.498 pessoas de uma média de 65,8 anos.

Percepção que as pessoas têm de sua idade pode refletir seu estado de saúde, seus limites físicos e seu bem-estar
Percepção que as pessoas têm de sua idade pode refletir seu estado de saúde, seus limites físicos e seu bem-estar

A maioria (69,6%) se sentia três ou quatro anos mais jovem do que era, enquanto 25,6% tinham o sentimento de ter sua idade real, e 4,8% tinham a impressão de ter ao menos um ano a mais.

Durante um período de 99 meses, a taxa de mortalidade foi de 14,3% entre os que se sentiam mais jovens, 18,5% entre os que sentiam que tinham a idade cronológica exata e 24,6% entre os participantes que se encaravam como mais velhos, disse o estudo, publicado na revista médica americana JAMA Internal Medicine.

A percepção que as pessoas têm de sua idade pode refletir seu estado de saúde, seus limites físicos e seu bem-estar, destacaram os cientistas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).