Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Morreu idosa de 114 anos que exigiu do Facebook que mostrasse sua idade real

Morreu idosa de 114 anos que exigiu do Facebook que mostrasse sua idade real

Morre idosa de 114 anos que fez ao Facebook trocar as datas de nascimento
Morre idosa de 114 anos que fez ao Facebook trocar as datas de nascimento

Quando Anna Stoehr fez aniversário, depois da polêmica, a empresa de Mark Zuckerberg lhe enviou um buquê com 114 flores, segundo seu filho.

Morreu neste domingo (21) uma idosa de 114 anos que exigiu do Facebook que mostrasse sua idade real.

Anna Stoehr, uma das mais antigas moradoras do Estado do Minnesota, nos Estados Unidos, morreu durante o sono, após estar internada por vários dias numa casa de repouso.

Nascida em 1900, ela ficou conhecida por ter desafiado a política do Facebook de não permitir que usuários usassem um ano de nascimento anterior a 1905.

Para poder participar da rede social e ver as fotos de seus parentes e amigos, ela precisou mentir que tinha apenas 99 anos. Segundo a TV local, ela escreveu uma carta para o Facebook dizendo: “ainda estou aqui”.

Quando ela fez aniversário, depois da polêmica, a empresa de Mark Zuckerberg lhe enviou um buquê com 114 flores, segundo seu filho.

Harlan Stoehr, o filho, disse que dona Anna manteve o ânimo até o final. Segundo ele, quando a visitou uma semana antes “ela parecia ter só 112 anos de novo”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).