Inicio » Internacional » Europa » Europa – Bispo belga diz que Igreja deve reconhecer as relações homossexuais

Europa – Bispo belga diz que Igreja deve reconhecer as relações homossexuais

O bispo da Antuérpia, Johan Bonny, é partidário do reconhecimento, por parte da igreja Católica, das relações homossexuais e bissexuais, explica em entrevista publicada neste sábado pelo diário flamengo De Morgen.

O bispo de Antuérpia é o provável sucessor do presidente da Conferência Episcopal belga
O bispo de Antuérpia é o provável sucessor do presidente da Conferência Episcopal belga

Nela, o bispo questiona o dogma segundo o qual a igreja só reconhece as relações entre casais constituídos por um homem e uma mulher.

“Devemos buscar dentro da Igreja o reconhecimento formal da relação que também está presente em numerosos casais bissexuais e homossexuais. Assim como existe uma diversidade de estruturas legais para casais em sociedade, também deve ter uma variedade de formas de reconhecimento dentro da Igreja “, observou ele.

O bispo de Antuérpia é o provável sucessor do presidente da Conferência Episcopal belga, o arcebispo André-Joseph Léonard, que planeja se aposentar em 2015.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).