Inicio » Minas Gerais » MG – Fernando Pimentel anuncia secretariado de seu governo

MG – Fernando Pimentel anuncia secretariado de seu governo

Nomes dos 28 nomeados foram divulgados na tarde desta terça-feira (30); essa é a primeira vez na história que o PT assume o comando do Estado.

MG - Fernando Pimentel anuncia secretariado de seu governo
MG – Fernando Pimentel anuncia secretariado de seu governo

O governador eleito em Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), anunciou na tarde desta terça-feira (30) o nome dos 28 futuros secretários, que serão empossados, junto ao petista, nesta quinta-feira (1ª). Essa é a primeira vez na história que o PT assume o comando de Minas Gerais.

Ficou definido na tarde desta terça o presidente do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e indicou os nomes do novo Controlador-Geral do Estado, dos presidentes da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais), Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e Prodemge (Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais).

Os nomes dos secretários serão publicados em edição extra do Minas Gerais, o diário oficial do Estado, nesta quinta-feira, 1º. de janeiro. As nomeações dos presidentes das estatais dependem de aprovação em assembleia geral, no caso da Copasa e da Cemig, ou dos conselhos de administração, no caso da Prodemge e da Codemig.

O governador eleito anunciou mudanças no organograma da administração, mantendo os mesmos cargos com status de secretaria que existem atualmente. Pastas serão criadas e outras, extintas ou subordinadas a secretarias. As quatro novas pastas serão: “Recursos Humanos”, que vai cuidar das questões relacionadas aos servidores públicos, como parte da política de valorização da categoria, “Desenvolvimento Agrário”, para cuidar da agricultura familiar, e “Direitos e Cidadania”, responsável pelos Direitos Humanos.

O desmembramento da atual Secretária de Estado de Esporte e Turismo vai resultar na quarta secretaria, a de Esportes. Esses quatro secretários serão empossados após a criação das respectivas pastas pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Novo secretariado

TADEU LEITE

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana

Empresário, exerce o primeiro mandato como deputado estadual. Em outubro, foi eleito para o segundo mandato.

MARCO ANTÔNIO REZENDE TEIXEIRA

Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais

Advogado formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É servidor da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Foi diretor jurídico e superintendente da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e ex-procurador-geral do município de Belo Horizonte.

ODAIR CUNHA

Secretaria de Estado de Governo

Advogado, foi eleito para o quarto mandato consecutivo de deputado federal nas eleições de outubro. Foi assessor jurídico de Prefeituras e Câmaras Municipais.

HELVÉCIO MAGALHÃES

Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão

Médico formado pela UFMG e Doutor em Saúde Pública pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É servidor concursado da Prefeitura de Belo Horizonte, onde foi secretário municipal de Saúde e secretário de Planejamento e Orçamento. No Ministério da Saúde, foi secretário de Atenção à Saúde no governo Dilma Rousseff.

EDUARDO SERRANO

Secretaria-Geral da Governadoria

Gestor Público formado pela Fundação Getúlio Vargas. Foi chefe de gabinete do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

JOSÉ AFONSO BICALHO

Secretaria de Estado de Fazenda

Economista formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Economia pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar), da UFMG. Doutor em Economia pela Universidade de Manchester, Inglaterra. Foi secretário-adjunto e secretário de Fazenda de Minas Gerais (1990-1994). Presidiu os bancos BEMGE e Credireal (1994-1998). Foi secretário de Finanças da prefeitura de Belo Horizonte (2005-2012). Foi assessor econômico do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

MACAÉ EVARISTO

Secretaria de Estado da Educação

Assistente Social formada pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Mestre em Educação pela UFMG. É secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI) do Ministério da Educação no governo Dilma Rousseff. É professora da rede estadual de ensino desde 1984. Foi Secretária de Educação de Belo Horizonte (MG) e uma das responsáveis pelo programa de Educação Integral da capital mineira. Coordenou o programa de implantação de escolas indígenas de Minas Gerais entre 1997 e 2004.

FAUSTO PEREIRA DOS SANTOS

Secretaria de Estado da Saúde

Médico sanitarista formado pela UFMG. É doutor em Saúde Coletiva pela Unicamp. É secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde. Foi secretário-adjunto de Saúde da Prefeitura de Belo Horizonte. Presidiu a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) por dois mandatos.

BERNARDO SANTANA DE VASCONCELLOS

Secretaria de Estado de Defesa Social

Advogado, foi eleito deputado federal para a atual legislatura (2011-2015). É pós-graduado em Direito de Empresa, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, e em Direção Estratégica e Marketing, pela Fundação Getúlio Vargas.

MURILO VALADARES

Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas

Engenheiro civil formado pela UFMG. É secretário de Obras de Ribeirão das Neves. Ex-administrador regional da Prefeitura de Belo Horizonte, ex- diretor da SLU, ex-superintendente da Sudecap, ex-secretário de Políticas Urbanas.

ÂNGELO OSWALDO

Secretaria de Estado da Cultura

Jornalista, formado pelo Instituto Francês de Imprensa, e advogado, formado pela UFMG. Presidiu o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), órgão do Ministério da Cultura, no governo Dilma Rousseff. Foi prefeito de Ouro Preto (1993-1996; 2005-2008; 2009-2012) e secretário estadual de Cultura no governo Itamar Franco (1999-2002). Presidiu o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no governo José Sarney. É presidente da Associação Brasileira de Cidades Históricas.

NILMÁRIO MIRANDA

Secretaria de Estado de Direitos e Cidadania

Jornalista. É mestre em Ciências Políticas pela UFMG. Foi deputado estadual (1987-1990), deputado federal (1991-2003) e Secretário Nacional dos Direitos Humanos no governo Luís Inácio Lula da Silva. Voltou à Câmara dos Deputados em 2013. Como deputado federal, presidiu a Comissão Externa para os Mortos e Desaparecidos Políticos da Câmara dos Deputados e foi autor do projeto de lei que criou a Comissão de Direitos Humanos de Minorias, que presidiu em 1995 e em 1999.

JOÃO CRUZ REIS FILHO

Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Engenheiro agrônomo, mestre e doutor em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa. É fiscal federal agropecuário do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, onde chefia a assessoria de gestão estratégica.

GERALDO PIMENTA

Secretaria de Estado de Turismo

Médico formado pela UFMG, é deputado estadual. Foi vereador em Betim e secretário municipal de Assistência Social na gestão da prefeita Maria do Carmo Lara. Assume o cargo nesta quinta-feira.

CARLOS HENRIQUE

Secretaria de Estado de Esportes

Deputado estadual eleito para o segundo mandato consecutivo nas eleições de outubro passado. Foi vereador de Belo Horizonte por três mandatos consecutivos, eleito em 2000, 2004 e 2008. É pastor evangélico. Assumirá o cargo somente após a criação da secretaria.

MIGUEL CORRÊA

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Formado em História pelo Centro Universitário Uni-BH. Exerce o segundo mandato consecutivo de deputado federal. Foi reeleito em outubro passado. Foi vereador em Belo Horizonte.

PAULO GUEDES

Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais

Exerce o segundo mandato consecutivo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Nas últimas eleições, foi o deputado estadual mais votado do Estado. Foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Manga, município onde nasceu, no Norte de Minas. Foi coordenador estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

ALTAMIR RÔSO

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico

Empresário, engenheiro e economista, preside a regional Vale do Rio Grande da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Uberaba.

SÁVIO SOUZA CRUZ

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

Engenheiro metalúrgico e especialista em engenharia ambiental formado pela UFMG. Exerce o quarto mandato consecutivo de deputado estadual. Foi reeleito em outubro passado. Foi secretário de Estado de Planejamento e secretário de Estado de Recursos Humanos e Administração no governo Itamar Franco (1999-2002). Foi professor de Química e Física da rede de ensino privado e de Engenharia Ambiental da PUC Minas.

ANDRÉ QUINTÃO

Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social

Assistente social e sociólogo, exerce o terceiro mandato de deputado estadual. Nas últimas eleições, foi eleito para o quarto mandato. Foi secretário de Desenvolvimento Social de Belo Horizonte na gestão Patrus Ananias (1993-1996). Cumpriu dois mandatos de vereador na capital mineira. É servidor concursado da prefeitura de Belo Horizonte.

GAMALIEL HERVAL

Secretaria de Estado de Recursos Humanos

Advogado formado pela PUC Minas. É presidente da Ceasa (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais). Foi presidente da Eletrosul e integrou o conselho de administração da Eletrobras. Foi reitor da Universidade Católica de Minas Gerais.

GLÊNIO MARTINS DE LIMA MARIANO

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário

Técnico em Agropecuária e especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela UFMG. Foi chefe de gabinete, chefe da Divisão de Desenvolvimento de Assentamento e superintende regional substituto do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Minas Gerais.

Outros

Além dos novos secretários, o governador eleito Fernando Pimentel também indicou os seguintes nomes para Cemig, Codemig, Prodemge, Copasa, BDMG e Controladoria-Geral do Estado:

MAURO BORGES LEMOS

Presidente da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais)

Economista formado pela UFMG. Doutor em Economia pela Universidade de Londres, com pós-doutorado pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, e Universidade de Paris. É professor titular do Departamento de Ciências Econômicas da UFMG. Foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (2014). Foi presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), de 2011 a 2014. Presidiu o Conselho de Administração do BNDES e do BNDESPAR. Possui trabalhos científicos publicados em livros e periódicos especializados no Brasil e no exterior.

MARCO ANTÔNIO CASTELLO BRANCO

Presidente da Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais)

Engenheiro Metalurgista formado pela UFMG. Especialista e doutor em siderurgia pela Faculdade de Engenharia de Minas, Metalurgia e Mecânica da Universidade Técnica de Clausthal, Alemanha. Fez carreira na iniciativa privada, assumindo a presidência da Mannesmann do Brasil no ano 2000, após fusão da empresa com o grupo francês Vallourec. De 2004 a 2008, integrou a alta administração do grupo na França. Foi diretor-presidente da Usiminas de 2008 a 2010.

PAULO DE MOURA RAMOS

Presidente da Prodemge (Companhia de Tecnologia da Informação do estado de Minas Gerais)

Economista formado pela PUC Minas. Foi coordenador de Relações do Trabalho e secretário de Governo da prefeitura de Belo Horizonte. Foi presidente da Prodabel (Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte). Foi vereador em Contagem-MG (1989-1992).

SINARA MEIRELLES

Presidente da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais)

Engenheira civil formada pela UFMG. Foi Superintendente de Limpeza Urbana da prefeitura de Belo Horizonte entre 2005 e 2009. Integrou o Conselho Municipal de Meio Ambiente de Belo Horizonte.

MARCO AURÉLIO CROCCO AFONSO

Presidente do BDMG (Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais)

Economista formado pela UFMG. Mestre em Economia Industrial e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutor em Economia pela Universidade de Londres. É especialista em economia monetária e desenvolvimento econômico regional. É professor titular do Departamento de Ciências Econômicas da UFMG e pesquisador nível 1 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Coordenou a elaboração do programa de governo do então candidato Fernando Pimentel na disputa do governo do Estado. É representante no Brasil da Regional Studies Association (Associação de Estudos Regionais), sediada em Londres.

MÁRIO SPINELLI

Controladoria-Geral do Estado

Engenheiro Civil e Matemático, é mestre em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro e pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal Fluminense. É Controlador-geral do Município de São Paulo. É servidor concursado da Controladoria-Geral da União (CGU), onde foi secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas. Integrou o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão do ministério da Fazenda.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).