Inicio » Minas Gerais » MG – Chuva forte derruba 13 árvores e destelha casas em Juiz de Fora

MG – Chuva forte derruba 13 árvores e destelha casas em Juiz de Fora

Uma forte tempestade atingiu parte de Juiz de Fora nesta sexta-feira (2) e causou estragos em alguns bairros da Zona Norte. No Santa Cruz, uma casa ficou destruída após o destelhamento causado por fortes ventos acompanhados de chuva, por volta das 15h, na Rua Doutor Joaquim Ribeiro de Oliveira. De acordo com a vendedora Enilce Ribeiro, 45 anos, ela só não se feriu porque havia deixado a propriedade momentos antes. Ao retornar, se assustou com o cenário: quarto e sala já estavam descobertos, e o chão e alguns móveis, molhados. “Moro com uma menina de 10 anos, que por sorte não estava em casa. Caso contrário, teríamos nos machucado muito”, lamentou, informando que procuraria abrigo na casa de amigos. Na mesma rua, a base de uma laje caiu no asfalto e atingiu o carro do motorista Deyvidh Eduardo Ribeiro, 26. O veículo não tinha seguro. Ainda no Santa Cruz, a Defesa Civil registrou a queda de um muro na Rua Maria Cândida de Jesus. Nesta via, várias telhas de casas e galhos de árvores podiam ser observadas ao chão.

MG - Chuva forte derruba 13 árvores e destelha casas em Juiz de Fora
MG – Chuva forte derruba 13 árvores e destelha casas em Juiz de Fora

No residencial Miguel Marinho, as rajadas de ventos causaram a derrubada de telhas de, pelo menos, dez edificações. Segundo a atendente de lanchonete Shirley Maria da Costa, 46, o problema é recorrente. “Toda chuva forte acontece a mesma coisa. A construtora instala novas telhas, mas não resolve o problema da estrutura.”

Equipes da Defesa Civil atuaram no atendimento de outras ocorrências, como mais quedas de árvores no Jóquei Clube. O Corpo de Bombeiros também foi mobilizado para 18 atendimentos relacionados às quedas de árvores, como na BR-040, nos km 769 e 775. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a interrupção no tráfego foi parcial. Os bombeiros também registraram quedas de árvores nos bairros Barreira do Triunfo e Benfica, também na região Norte, além de Eldorado, Zona Nordeste e Nossa Senhora Aparecida, Zona Leste.

A estação Automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), instalado no Campus da UFJF, registrou rajadas de ventos de 66 km/h no mesmo intervalo de tempo em que as ocorrências foram registradas. Não se sabe se a intensidade dos ventos foi maior ou menor na região Norte. De acordo com os pluviômetros do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), houve acumulado significativo de chuvas nos bairros São Pedro, com 18 milímetros, Ponte Preta, 17, e Nova Era e Filgueiras, ambos com 11.

As chuvas devem permanecer neste sábado.

O leitor Fernando Sabino registrou em vídeo o momento em que a chuva atingiu o Residencial Miguel Marinho. Confira:

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Marcelo Eduardo Freitas

Coluna do Dr. Marcelo Freitas – As dimensões do tempo e a maior do do mundo

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.Coluna do Dr. …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).