Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Envelhecer é acertar contas com a alma, diz vidente

Envelhecer é acertar contas com a alma, diz vidente

Inevitável, as coisas envelhecem mais depressa do que gostaríamos. Esses primeiros dias de um novo ano reforçam a compreensão da passagem do tempo, sentimos um pouco mais seu peso.

Envelhecer é acertar contas com a alma, diz vidente
Envelhecer é acertar contas com a alma, diz vidente

O passado vai se tornando denso com sua carga de vivências e recordações. A memória, inflada como um balão, flutuando leve, sobe com facilidade, levanta para voos longos, admira tudo lá do alto.

Com os pés no chão, o animal que coabita conosco precisa acertar contas com a alma, harmonizar. É o que se pode chamar de amadurecer sereno. Um aprendizado que concerne a todos, porque todos envelhecemos.

Para não desencadear grandes abalos de saúde, os hábitos mais corriqueiros são readequados. O jantar não pode ser depois das nove horas. Mesmo em noite amena é bom vestirmos um casaquinho. Mantemos um bloquinho no banheiro indicando se é dia do comprimidinho branco ou do rosa.

Trata-se de compreender, tranquilizando a relação com a materialidade ao redor, que muitas coisas que eram fáceis antes podem se tornar desafios mais complicados: tomar o ônibus, carregar o pacote, subir a escada, abrir a lata.

Abaixo dessa superfície do cotidiano, da mesma maneira, adequações na essência do ser também são necessárias. Na profundidade a espiritualidade deve aceitar outro ritmo, abraçar uma dietética diferente. A temperatura precisa ser regulada numa nova zona de conforto: como nos agradáveis dias de outono, é necessário que o calor abrasador dos meses juvenis arrefeça.

Envelhecer bem é, buscando uma generosidade essencial, valorizar outras referências além das visíveis e tangíveis que começam a se dissolver. Reencontrar os júbilos que se imprimem em nós de modo indelével e, no fundo de nossa alegria de existir, traçam sulcos profundos.

Pegar a areia do tempo que passa e dela fazer ouro. Navegar outra vez ao país da infância, retornar à inteligência das coisas verdadeiramente eternas, procurando a luz dourada de onde viemos e para o qual estamos destinados, reaprendendo o sabor simples da felicidade despojada de enfeites, a verdade primeira e última de toda a vida.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).