Inicio » Nacional » Brasil – Indonésia nega libertar brasileiro e será fuzilado em breve

Brasil – Indonésia nega libertar brasileiro e será fuzilado em breve

O governo da Indonésia negou, pela segunda vez, libertar o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, 53 anos, preso no país em 2003 por tráfico de drogas e condenado à pena de morte no país. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Guarda da polícia da Indonésia acompanha o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira durante uma coletiva de imprensa em Jakarta, em 20 de agosto de 2003
Guarda da polícia da Indonésia acompanha o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira durante uma coletiva de imprensa em Jakarta, em 20 de agosto de 2003

Segundo a publicação, a Indonésia dá apenas duas oportunidades de pedido de clemência aos presos; assim, o brasileiro não teria outro recurso para se livrar da execução do ponto de vista legal. O segundo pedido foi negado pelo presidente Joko Widodo em 31 de dezembro de 2014 e o primeiro aconteceu em 2006.

Caso o governo brasileiro não consiga impedir a execução, Moreira poderá ser fuzilado “em breve”.

“Já cumprimos todos os requisitos legais para executá-lo. Ele está na lista dos próximos (…) e posso assegurar que o plano é executá-lo em breve”, disse o porta-voz da Procuradoria-Geral indonésia, Tony Spontana.

Marco se diz arrependido de ter tentado entrar no país em 2003 com um pouco mais de 13 quilos de cocaína escondidos em tubos de asa delta. Ele ficou sabendo nesta quinta-feira que o governo do país negou seu segundo pedido de clemência.

O Itamaraty ainda não recebeu informações oficiais sobre o segundo pedido negado.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).