Inicio » Minas Gerais » MG – Em 2014 casos confirmados de dengue em Minas Gerais caíram 86%

MG – Em 2014 casos confirmados de dengue em Minas Gerais caíram 86%

O número de casos confirmados de dengue em Minas Gerais em 2014 caiu 86% em relação aos dados de 2013. A falta de chuvas durante o último ano e a epidemia da doença no período anterior são justificativas que influenciaram na redução.
A falta de chuvas durante o último ano e a epidemia da doença no período anterior são justificativas que influenciaram na redução.
A falta de chuvas durante o último ano e a epidemia da doença no período anterior são justificativas que influenciaram na redução.

O balanço da dengue foi divulgado nesta sexta-feira (16), pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Ao todo, foram 48.959 ocorrências confirmadas da doença no último ano. Em 2013 foram 368.387 registros. Quanto aos óbitos, em 2014 foram 47 e nos 12 meses anteriores foram 117.

Já em 2015, o balanço aponta que foram apenas 33 casos confirmados de dengue em Minas Gerais. Nenhum óbito foi registrado.
Os dados sobre a febre chikungunya, transmitida pelo mesmo inseto vetor da dengue, o Aedes Aegypti, não foram informados pela SES.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).