Inicio » Nacional » Brasil – Sem chuva, nível do Sistema Cantareira volta a cair

Brasil – Sem chuva, nível do Sistema Cantareira volta a cair

Desde o dia 11 de janeiro, o sistema cai 0,1 ponto percentual diariamente; reservatório é responsável pelo atendimento de 6,5 milhões de pessoas na Grande São Paulo.

Brasil - Sem chuva, nível do Sistema Cantareira volta a cair
Brasil – Sem chuva, nível do Sistema Cantareira volta a cair

Com altas temperaturas e sem muita chuva, o nível dos principais reservatórios que abastecem a região metropolitana de São Paulo baixou nesta segunda-feira (19). De acordo com o balanço divulgado pela Sabesp, o Cantareira opera com 5,8% de sua capacidade nesta segunda após baixar 0,1 ponto percentual em relação ao dia anterior.

Desde o dia 11 de janeiro, o sistema cai 0,1 ponto percentual diariamente. O reservatório é responsável pelo atendimento de 6,5 milhões de pessoas na Grande São Paulo e já opera com a segunda cota do volume morto (água do fundo do reservatório que não era contabilizada).

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), citou pela primeira vez a possibilidade de utilizar a terceira cota do volume morto do Cantareira. A declaração reforça a possibilidade que já havia sido considerada pelo novo presidente da Sabesp, Jerson Kelman, nesta semana.

O sistema Cantareira registra ainda menos chuva nesse início de 2015. A primeira metade de janeiro trouxe cenário ainda mais pessimista do que era projetado por especialistas e governo: a quantidade de chuva nas represas e a vazão dos rios que poderiam socorrê-lo ficaram muito abaixo da média histórica, enquanto as temperaturas estão elevadas, um incentivo para maior consumo.

A situação, por enquanto, confirma um ano de deserto em São Paulo, metáfora usada pelo novo presidente da Sabesp, Jerson Kelman, para falar do agravamento da crise. Nesta semana, ele já passou a admitir a possibilidade de um rodízio -abastecimento alternado entre regiões.

Demais sistemas

Já o nível do Alto Tietê cai desde o dia 13 de janeiro e atinge nesta segunda 10,4% de sua capacidade. O sistema abastece 4,5 milhões de pessoas na região leste da capital paulista e Grande São Paulo. Com a adição do volume morto no dia 14 de dezembro, o sistema ganhou volume adicional de 39,5 milhões de metros cúbicos de água da represa Ponte Nova, em Salesópolis (a 97 km de São Paulo).

A represa de Guarapiranga registra 38,9% de sua capacidade após baixar 0,4 ponto percentual em relação ao dia anterior. O reservatório fornece água para 4,9 milhões de pessoas nas zonas sul e sudeste da capital paulista.

Outro sistema que também registrou queda de 0,4 ponto percentual em relação ao dia anterior foi o reservatório Alto de Cotia, que fornece água para 400 mil pessoas. O sistema opera com 28,7 de sua capacidade nesta segunda.

O nível dos sistemas Rio Claro e Rio Grande caiu em relação ao dia anterior: 0,7 e 0,3 ponto percentual, respectivamente. O reservatório de Rio Claro, que atende a 1,5 milhão de pessoas, opera com 23,2% de sua capacidade. Já o manancial de Rio Grande, que atende a 1,2 milhão de pessoas, opera com 69,1% de sua capacidade.

A medição da Sabesp é feita diariamente e compreende um período de 24 horas: das 7h às 7h.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).