Inicio » Montes Claros » Brasil – Para a LBV, educar alimenta o futuro!

Brasil – Para a LBV, educar alimenta o futuro!

Iniciativa beneficia crianças e adolescentes de famílias de baixa renda.

Com o tema “Proteger a infância é acreditar no futuro”, a Legião da Boa Vontade (LBV), inicia em 5 de janeiro, a edição 2015 de sua Campanha Criança Nota 10. A iniciativa que contribui para a manutenção dos programas socioassistenciais que desenvolve em todo o Brasil, visa mobilizar a sociedade e os meios de comunicação em prol do incentivo ao protagonismo infanto-juvenil, da proteção dos direitos de crianças e adolescentes de famílias em situação de vulnerabilidade social e ao combate à exploração e ao trabalho infantil.

Campanha Criança Nota 10
Campanha Criança Nota 10

Os beneficiados são os estudantes das unidades educacionais da Legião da Boa Vontade em Belém/PA, Curitiba/PR, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP e Taguatinga/DF, além das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos que participam dos programas Criança: Futuro no Presente! e Jovem: Futuro no Presente!, promovidos nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, localizados em dezenas de cidades brasileiras. A campanha também favorece os participantes da EJA — Educação de Jovens e Adultos (São Paulo/SP) — e do Projeto de Apoio a Ex-alunos, na cidade de Curitiba/PR e beneficia ainda, estudantes atendidos por organizações parceiras da LBV.

Com essa ação, a LBV amplia o trabalho de suas unidades de atendimento em que é oferecido o apoio necessário para que crianças e adolescentes possam aprender mais e desenvolver habilidades, longe das ruas ou do isolamento.

A campanha entregará nos meses de janeiro e fevereiro 16 mil kits de material escolar e pedagógico, além de 30 mil conjuntos de uniformes. A ajuda serve de motivação para as crianças e adolescentes prosseguirem com os estudos, além de representar um importante apoio aos pais que não têm recursos para adquirir o material escolar. Os kits são compostos de acordo com a faixa etária dos estudantes. Entre os diversos itens, há estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, tinta guache, cadernos, mochila, régua, dicionário da língua portuguesa (com a nova ortografia) e de inglês.

Educar com Espiritualidade Ecumênica

A base e o diferencial de todas as ações socioassistenciais e educativas da LBV são a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que conceituam a linha educacional da Instituição aplicada com sucesso em suas unidades de atendimento. Essa proposta, criada pelo educador Paiva Netto, leva em conta o sentimento do indivíduo sem perder de vista uma formação intelectual de excelência. Essa abordagem se fundamenta no desenvolvimento integral do ser humano, uma vez que o contempla em suas dimensões física, psicológica, espiritual e social. Com isso, educandos e demais atendidos em diversificados programas são incentivados a desenvolver e reconhecer seus valores e talentos. Ambiente livre de violência e índice zero de evasão escolar estão entre os resultados da linha pedagógica da Instituição.

Em Montes Claros, a Instituição mantém o Centro Comunitário de Assistência Social, localizado, na Rua. Germano Gonçalves, 601. Telefone: (38) 32210636. Para saber mais sobre a LBV, acesse o site www.lbv.org ou ligue para 0800 055 50 99.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).