Inicio » Minas Gerais » MG – Governo de Minas Gerais quer aumentar capacidade de reservatório e criar mais barragens

MG – Governo de Minas Gerais quer aumentar capacidade de reservatório e criar mais barragens

O governador Fernando Pimentel anunciou, nesta sexta-feira (23), medidas para enfrentar a escassez de recursos hídricos em Minas Gerais. Durante coletiva de imprensa, ele disse que planejamentos a curto, médio e longo prazo estão em andamento, mas que falta verba em caixa para colocá-los em prática. A saída seria pedir dinheiro ao governo federal.

Represa de Três Marias
MG – Governo de Minas Gerais quer aumentar capacidade de reservatório e criar mais barragens

Diante do cenário, Pimentel disse que, a curto prazo, pretende captar água do sistema Paraopeba para reforçar o reservatório do sistema Rio Manso. A médio prazo, uma força-tarefa deverá ser criada para a construção de pequenas barragens para contenção de chuvas em toda Minas Gerais. A longo prazo, a ideia é criar outro sistema de abastecimento para a Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, atualmente, 109 municípios decretaram situação de emergência devido à estiagem.  Dos 224 municípios que usam o serviço autônomo, 50 já estão em racionamento, 13 em sistema de rodízio de água e 36 em alerta devido à seca. Segundo a Copasa, 63 cidades apresentam quadro iminente de colapso de abastacimento e outras 23 já apresentam problemas. Além disso, Campanário e Urucrânia já estão em situação de colapso.
Nessa quinta-feira (22), a Copasa, responsável por operar mais de 625 cidades, assumiu pela primeira vez que poderá decretar racionamento em todo o Estado.
De acordo com a Copasa, o sistema Paraopeba, que abastece a Grande BH, é composto pelos reservatórios Serra Azul, Rio Manso e Vargem das Flores, está operando atualmente com 30,25% de sua capacidade. Dos três reservatórios, o que apresenta a pior condição é o Sistema Serra Azul, que atualmente está com apenas 5,73% de seu volume, praticamente já operando em seu volume morto. Já o sistema Vargem das Flores apresenta capacidade atual de 28,31% e o sistema Rio Manso, 45,06%. O rio das Velhas, responsável por fornecer água a 40% da Grande BH, também já deu sinais de escassez.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Sistema em manutenção programada. Nossos serviços estão indisponíveis até dia de hoje às 23:59h.