Inicio » Mais Seções » Motor – Jeep deve custar R$ 70 mil

Motor – Jeep deve custar R$ 70 mil

Esse será o valor para modelo básico produzido em Goiana, segundo fontes ligadas à empresa. Lançamento ficou para abril.

Modelo mais caro da marca, com todos os opcionais, deve custar R$ 110 mil nas concessionárias
Modelo mais caro da marca, com todos os opcionais, deve custar R$ 110 mil nas concessionárias

Estimativas de fontes ligadas à Jeep dão conta de que o Renegade, o carro que está sendo produzido no polo automotivo de Goiana, na Mata Norte, custará entre R$ 70 mil, o modelo mais básico, e R$ 110 mil, o modelo top de linha, com tração nas quatro rodas, câmbio automático e todos os itens opcionais que o veículo poderá ter. O protótipo deste último foi o escolhido nessa sexta (23) pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, para testar o veículo made in Pernambuco. A assessoria de comunicação da Jeep não confirmou os preços do carro e informou que os valores oficiais só serão divulgados no lançamento do veículo.

A fábrica, que estava prevista para ser inaugurada em março, só terá a fita cortada oficialmente em abril. No entanto, o período de testes se encerra em fevereiro, quando começam a ser produzidos os primeiros veículos para abastecer o mercado.

Embora só chegue ao mercado brasileiro em abril, o Jeep Renegade tem previsão de lançamento nos Estados Unidos em duas semanas, o que pode balizar os valores dos veículos no mercado nacional. Além do Brasil, o modelo é produzido também nos Estados Unidos, Itália e, em breve, na China.

A fábrica terá capacidade de produção de 250 mil veículos anualmente. Como só começa a produzir em 2015 no mês de fevereiro, a unidade ainda não previu quantos carros sairão da linha de montagem este ano. Mas estima-se que cerca de 100 mil Renegades sejam produzidos neste ano.

Apesar de já ter feito inúmeros testes, o primeiro ano de operação servirá para fazer ajustes industriais, principalmente entre a montadora e as indústrias fornecedoras do polo automotivo.

Além do Brasil, os caros fabricados no Brasil serão distribuídos em países da América Latina, especialmente a Argentina.

A rede de concessionárias em solo nacional deve chegar a 150 lojas exclusivas. A maior quantidade deve ficar em São Paulo, que detém também a maior fatia do mercado. Recife deverá contar com três concessionárias, segundo os planos da empresa. As lojas venderão não apenas o Renegade, mas outros modelos Jeep produzidos nos Estados Unidos.

O novo Jeep chegará ao mercado com dois tipos de motores. Um deles é um 2.0 a diesel, capaz de gerar 170 cavalos de potência, além de uma segunda motorização flex. Os veículos serão oferecidos com câmbio manual e automático, além de tração 4×2 e 4×4. O dispositivo park assistence, que faz baliza sozinho, será um dos opcionais oferecidos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).