Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – População passa sede enquanto caminhão da prefeitura abastece cerâmica do prefeito de Mato Verde

Norte de Minas – População passa sede enquanto caminhão da prefeitura abastece cerâmica do prefeito de Mato Verde

Prefeito Generino de Sales Pinto (PMDB)
Prefeito Generino de Sales Pinto (PMDB)

Enquanto milhares de moradores da zona rural de Mato Verde, no Norte de Minas, amargam os rigores de uma das secas mais inclementes dos últimos, falta de água não é problema para a Cerâmica Construsales Ltda, do prefeito Generino de Sales Pinto (PMDB). Inicialmente os moradores não deram crédito e até achavam absurda a informação de que um caminhão pipa doado ao município de 12,9 mil habitantes através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) abastecia frequentemente de água o reservatório da empresa do prefeito. Inconformado com essa situação, um morador resolveu tirar a história a limpo. Ele conseguiu gravar vídeo, com um telefone celular, em que o caminhão e dois funcionários da prefeitura – um motorista e seu ajudante – aparecem descarregando água na cerâmica do prefeito.

Prefeito que utiliza, indevidamente, em proveito próprio ou alheio, de bens, rendas ou serviços públicos comete crime de responsabilidade (art. 1º, inciso II, do Decreto Lei 201/67). A pena prevista para esse crime é reclusão, de dois a doze anos. O trânsito em julgado a condenação, que se caracteriza pela impossibilidade de interposição de recursos, acarreta a perda do cargo e a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação. Além disso fica obrigado a ressarcir aos cofres públicos o valor dos danos causados.

Procurado para falar sobre o assunto, o prefeito Generino de Sales Pinto disse que não dá entrevistas por telefone. Negou que tivesse conhecimento da irregularidade e afirmou que “em todas as organizações, grandes ou pequenas, ocorrem erros, mas isso não significa que os gestores tenham conhecimento de tudo”.  O motorista Alziro Antônio da Silva e o ajudante Emerson Colares não foram localizados. O vídeo será entregue na próxima semana à Procuradoria Regional de Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais e de Defesa do Patrimônio Público, em Monte Claros, pela diretoria da Associação dos Amigos de Mato Verde (AMAVE).

A organização não governamental de combate à corrupção foi criada sábado (31), em evento que reuniu mais de 500 moradores da cidade e contou com o apoio da Amarribo Brasil/Transparência Internacional e da Asajan – Associação dos Amigos de Januária

Por Fábio Oliva

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Eduardo Arauju e Kely Ramos Foto: Guto Campos

Moda – A simpatia de Montes Claros que conquistou o Brasil

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Moda – A …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. esse prefeitinho é folgado mesmo hem? lincha esse desgraçado, é o unico remédio.