Inicio » Nacional » Tia de executado na Indonésia foi extorquida na prisão

Tia de executado na Indonésia foi extorquida na prisão

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Maria de Lourdes contou que teve que pagar propina para ver Marco Archer antes do fuzilamento.

Brasileiro Marco Archer Moreira foi sentenciado à morte na Indonésia por entrar no país com 13,4 kg de cocaína Foto: Reprodução / Twitter
Brasileiro Marco Archer Moreira foi sentenciado à morte na Indonésia por entrar no país com 13,4 kg de cocaína
Foto: Reprodução / Twitter

A tia de Marco Archer Cardoso Moreira disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que foi obrigada a pagar propina para poder ver o brasileiro antes de sua execução, em 18 de janeiro.

De acordo com a publicação, dois funcionários do governo brasileiro testemunharam o episódio.

Maria de Lourdes Archer Pinto contou que foi extorquida na véspera da execução de Marco, antes de entrar no ônibus que a levaria até o complexo prisional de Nusakambangan, em Cilacap, a 400 km de Jacarta. Segundo a brasileira, o motorista só deu partida no veículo após ela propor o pagamento da propina. Como ela estava sem bolsa, já que é proibido entrar na cadeia com o acessório, os homens passaram no hotel em que estava hospedada para pegar as 500 mil rúpias indonésias (R$ 109) solicitadas. Maria contou, contudo, que pagou apenas 300 mil (R$ 66).

Ela relatou que se comportou de modo que Marco pensasse que ela voltaria no domingo para outra visita e que o Papa poderia reverter a sua situação.

Durante o encontro, disse Maria ao periódico, o brasileiro revelou ter se arrependido de tentar entrar na Indonésia com 13,4 quilos de cocaína, em 2003. O brasileiro contou ainda que, embora fosse morto, “os chefões da droga continuariam vivos na prisão”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).