Inicio » Colunistas » Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Traição

De acordo com a Tia Wikipédia, traição é uma forma de decepção ou repúdio da prévia suposição e outros blá-blá-blás. Resumindo acabou-se a confiança, você disse que seria fiel e foi desleal! A traição é mais antiga que a corrupção no Brasil, e olha que Portugal caprichou no envio de corruptos aqui para nossa terrinha. Então, a coisa não começou com Judas Iscariostes conforme todo mundo (menos eu) pensa. Isto vem do Egito antigo, vem da Arca de Noé, como diz o tio da minha esposa “É uma desgraça sem conserto!” Antes de seguir preciso mostrar o depoimento de uma pessoa que trabalhou na Prefeitura de uma cidadezinha próxima, estava na praça Dr. Carlos quando eu fazia entrevistas para a coluna, disse que gostaria de contar sua história, pois é de amor e superação: “fui amante durante quatro anos do Vice-Prefeito, ele largou a família e veio morar comigo, tivemos muitos atritos, mas hoje somos abundamente felizes, vivemos juntos há 15 anos, quando o conheci eu tinha 16 anos e ele 33anos. hoje temos dois filhos lindos um de 10anos e outro de quatro anos. (Por medidas de segurança ele pediu que seu nome e nem do seu conjugue fosse mostrado)

Trair e coçar é só começar

Disto não tenho a menor dúvidas. Quando morei em Belo horizonte, meus primeiros anos fora no Bairro Padre Eustaquio, estudava a noite na UFMG e durante o dia trabalhava numa lanchonete dentro da rodoviária, Um  dia conheci Eli e Pablo, um bonito casal  que morava no Bairro Ypiranga, estavam tomando uma cerveja e conversando sobre literatura, o tema era Código da Vinci, ele defendendo Dan Brown e ela a Igreja. Em um Flash de segundos entre levar um petisco e trocar a garrafa comentei que também era leitor e que havia lido o livro, mas não fui ousado em tomar partido. Coincidentemente ao sair para pegar o ônibus os dois estavam  entrando em um taxi, foram cordiais e convidaram-me  para um papo intelectual no sábado, era uma reunião de amigos do livro. Eu fui,  eles já estavam alterados, tinha vodka aberta com o litro na metade, uísque, cerveja e ela com pouca roupa… Resumindo, passei a frequentar com assiduidade a casa deles. Um dia por infelicidade cheguei lá  e ela estava sozinha, ele havia saído na madrugada anterior para o aeroporto de Confins e naquelas alturas já estaria em Buenos Aires visitando um tio  doente.  Por infelicidade  sem  querer deixá-la sozinha, dormi por ali mesmo, e assim eu fiquei até o dia em que ele ligara informando que estava dentro do avião de volta. Um ano depois,  por culpa da situação eu havia me  mudado para o Ypiranga em um  apartamento no mesmo prédio dos meus amigos. Por infelicidade dentro de uma fervente emoção  ela  dissera a mim com sinceridade de “cascavel balançando o chocalho” – Nunca vou lhe esquecer,  você me fez  descobrir o mundo, depois daquele dia,  comecei analisar filosoficamente a efemeridade da vida, assim decidi  ampliar meu leque de prazeres e fiquei com: Genebaldo motorista de papai, Claudinho meu primo, Marcinho cantor de pagode, Luiz Catatau marido de uma amiga do Shopping, Teleu Bigode chefe do Pablo, Karina moranguinho irmã de um ex-namorado e  ontem cometi um pequeno incesto com meu tio Androvaldo.

E disse um Corno que achava que era sábio

“Chifre é igual a assombração só aparece para quem tem medo”

Conversa entre dois Bêbados na Igreja

Se o que Judas fez com Jesus foi traição, Deus  não ter  lhe tirado o “cálice”  como ele pediu foi o quê? Traição é traição! É mais Deus é Deus! Como assim? É que Deus fez Judas e as moedas, fez Jesus o cálice, o capeta, o céu, o inferno e a puta que pariu! A Puta que pariu você! Sim fez também…Deus é Deus.

Cinquenta Tons de Cinza (Fato verídico ocorrido em Montes Claros)

O marido trabalha no hospital, está de plantão. O celular toca. A esposa apaixonada de voz derretida. “Alô meu amor, liguei só pra dizer que te amo!” “Só pra isso? Tem certeza que você está bem?” “Claro meu amor que foi só pra isso! Pra isso e mais uma coisinha de nada!” “Sabia que tinha outra coisa, e o que é?” “Você sabe aquele filme, é, é… Cinquenta tons de cinza?” “Sei sim me falaram que a fila estava imensa para vê-lo” (Silêncio) “Oi o que foi que ficou muda!” “Nada não amor. Amorzinho você deixaria eu assistir com Flavão!” “O quê, o que foi que deu na sua cabeça mulher, por acaso você sabe do que se trata o filme!” “Sei sim amor” “Então sua idiota, ta querendo me fazer de otário é?!” “Ainda mais agora, já são duas horas da manhã, por acaso você e seu amiguinho vão mandar abrir o cinema só pra vocês, vá dormir e deixe de inventar modas!”(Novo silêncio) “Ei, você podia resumir o papo que eu estou trabalhando sabia?” “Sim amor é que eu não sabia que você iria se importar…nos já  assistimos, na volta tinha muito engarrafamento no centro e tivemos que dar a volta perto de Bocaiuva… Fomos  assaltados e levados para um matagal, os ladrões tomaram nossas roupas e a policia ainda nos prendeu pensando coisas más da gente. Venha me buscar amorzinho!” 

Riso da Hora

Ele era um homem fascinado por sexo. Desde o início do de seu casamento sempre pedia para a esposa fazer sexo anal, o que ela nunca aceitou… Um certo dia, quando chegava mais cedo do serviço, encontrou sua esposa num sexo anal violento com seu melhor amigo. Não acreditando no que havia visto, saiu sem que eles percebessem e foi encher a cara num bar vizinho. Ao sair do bar encontrou um bêbado, ao qual o marido indignado contou sua história. O bêbado ouviu todo o drama do corno e logo após disse: – É, a vida é assim mesmo… Um dia, eu estava numa viagem de trem e me deu uma vontade tremenda de cagar, fui no banheiro e só peidei; de volta para a poltrona me deu uma tremenda vontade de peidar, peidei e acabei cagando… O corno sem entender nada, indagou: – Pôxa, eu tentei contar com uma ajuda, ou um conselho seu e você vem com esta estória de peidá, cagá!? E o bêbado respondeu: – Só tô lhe mostrando como é a vida, a gente num pode confiar nem no cú da gente mesmo, quem dirá de mulher!

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).