Inicio » Esporte » Outros Esportes » Biatleta russa de 21 anos sofre parada cardíaca e morre em competição

Biatleta russa de 21 anos sofre parada cardíaca e morre em competição

Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca
Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca

A Russa Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca sofrida durante a Copa da Rússia de biatlo, realizada em Tiumen, na Sibéria.

“A atleta, que defendia a cores da República da Udmortia, sofreu uma parada cardíaca durante a corrida. Havia médicos no local, mas eles não conseguiram salvar a vida dela”, afirmou a União de Biatletas da Rússia em comunicado.

As mortes por parada cardíaca entre atleta, especialmente os jovens, não são tão infrequentes. Em agosto de 2007, o jogador de futebol espanhol Antonio Puerta morreu aos 22 anos em partida entre sua equipe, o Sevilla, e o Real Madrid. No ano seguinte, em outubro, quem sofreu uma parada cardíaca e morreu foi o jogador de hóquei sobre o gelo russo Alexei Cherapanov, de apenas 19 anos.

Agência EFE

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).