Inicio » Esporte » Outros Esportes » Biatleta russa de 21 anos sofre parada cardíaca e morre em competição

Biatleta russa de 21 anos sofre parada cardíaca e morre em competição

Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca
Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca

A Russa Alina Yakimkina morreu neste sábado aos 21 anos devido a uma parada cardíaca sofrida durante a Copa da Rússia de biatlo, realizada em Tiumen, na Sibéria.

“A atleta, que defendia a cores da República da Udmortia, sofreu uma parada cardíaca durante a corrida. Havia médicos no local, mas eles não conseguiram salvar a vida dela”, afirmou a União de Biatletas da Rússia em comunicado.

As mortes por parada cardíaca entre atleta, especialmente os jovens, não são tão infrequentes. Em agosto de 2007, o jogador de futebol espanhol Antonio Puerta morreu aos 22 anos em partida entre sua equipe, o Sevilla, e o Real Madrid. No ano seguinte, em outubro, quem sofreu uma parada cardíaca e morreu foi o jogador de hóquei sobre o gelo russo Alexei Cherapanov, de apenas 19 anos.

Agência EFE

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).