Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Edilson Torquato é reeleito para presidir a Associação Comercial até 2017

Montes Claros – Edilson Torquato é reeleito para presidir a Associação Comercial até 2017

Montes Claros – Edilson Torquato é reeleito para presidir a Associação Comercial até 2017

Montes Claros - Edilson Torquato é reeleito para presidir a Associação Comercial até 2017
Montes Claros – Edilson Torquato é reeleito para presidir a Associação Comercial até 2017

A Associação Comercial Industrial e de Serviços de Montes Claros – ACI – realizou assembleia para eleger a diretoria da entidade para a gestão de 2015 a 2017. Por aclamação, os associados aprovaram a reeleição do então presidente Edilson Torquato. Ainda, na oportunidade, foram eleitos os membros da Diretoria Executiva, Conselho Diretor e Conselho Fiscal. Aos associados foram apresentados a prestação de contas, balanço do exercício de 2014 e o relatório de atividades de 2014.

Edilson Torquato assumiu a presidência da ACI em março de 2013 e desde então vem realizando um trabalho pautado no fortalecimento das alianças com outras entidades a partir de projetos e pleitos em comum pra Montes Claros e região. “Quando lutamos sozinhos, somos apenas um. Quando unimos forças, somos mais fortes e focados no desenvolvimento regional. Montes Claros é polo do Norte de Minas e carece de mais projetos e soluções a médio e longo prazo”, afirma.

 Um das iniciativas mais relevantes de Torquato na ACI é a ativa participação na criação do Conselho de Desenvolvimento Regional Sustentável de Montes Claros – CODEMC.  “Este Conselho é nossa menina dos olhos porque se mostra um importante instrumento de pensar e agir de forma apartidária e com ações técnicas de diversas áreas de atuação, como saúde, economia, infraestrutura, turismo, educação”, pontua. “Ainda pensando na sustentabilidade, a ACI avança na conscientização sobre a responsabilidade social com a Rede Voluntariado. Além de campanhas sociais, ajudamos estas entidades a exercerem a filantropia com gestão de projetos, apoio jurídico e econômico”.

Na nova composição da diretoria, poucas mudanças, tendo como vice-presidente Newton Carlos Amaral Figueiredo; Vice-Presidente para Assuntos Comerciais, Leandro Correia de Oliveira; Vice-Presidente para Ass. Industriais, João Paculdino Ferreira; Vice-Presidente para Ass. Prest. Serviços, Klenilton Francisco Dias Pires; Vice-Presidente para Ass. Micro Peq. Empresa, José Ildeumar Soares Pereira; Vice-Presidente para Ass. Econômico, Aloysio Afonso Rocha Vieira; Vice-Presidente para Ass. Contábeis e Jurídicos,  Gislayne Lopes Pinheiro; Vice-Presidente para Ass. Agronegócios, Ricardo Alencar Dias; Vice-Presidente para Ass. Comunitários; Mônika Souto, Vice-Presidente para Ass. Gestão Ambiental, Paula  de Lima Sousa Alcântara; Vice-Presidente para Ass. Administrativos, Renato Antônio Silva Tupinambá; Vice-Presidente para Ass. de Infraestrutura, Marcos Fábio Martins de Oliveira.

Fernando Ferreira Deusdará, como Diretor Social, Leonardo Lima de Vasconcelos, como  1.º Tesoureiro; Adauto Marques Batista, como 2.º Tesoureiro;  Elen Fraporti Mocellin, como Secretária Geral e Sérgio Luiz Martins de Quadros, como 2º Secretário. O Conselho Diretor está composto por Abílio Carnielli Filho, Agnaldo Leite, Antônio Silvério Paculdino, Cácio Xavier Pereira, Cristóvão dos Santos Rodrigues, Dalton Caldeira Rocha, Ernandes Ferreira da Silva, Esmeraldo Pizarro, Felipe Maia Santos, Giovani Alcici Pinto, José Eustáquio Salvador de Oliveira, José Jacinto Henriques, Mariela Carneiro Baptista, Rosalvo José Caldeira de Barros, Ricardo Pitanguy, Sérgio Luiz da Silva, Thiago Diniz Tolentino, Waldir Senna Batista e Wesley Macio Gonçalves Maciel. O presidente e vice serão eleitos em data posterior pelos próprios membros.

O Conselho Fiscal está composto por Dennison Caldeira Rocha, Robson Lopes Garcia e Geancarlo Silva Almeida. Sendo suplentes, Anderson Torquato de Araújo, Antônio Henrique Sapori e José Carlos Nogueira Gontijo. A diretoria de filantropia será mantida com Núria Machio Font Souza, como presidente e Mauricio Sérgio Sousa e Silva, diretor adjunto. 

Jamil Curi preside Conselho Superior

O empresário Jamil Curi assumiu a presidência do Conselho Superior, que é composto por ex-presidentes da ACI, no lugar de Davidson Guimarães. Os demais membros são Alberto Celestino Ferreira, Valdir Veloso Figueiredo, Jayme Crusoé Loures de Macedo Meira, Fernando Ferreira Deusdará, Alexandre Pires Ramos, Geraldo Drumond e Adauto Marques Batista.

 “Pretendo criar um pouco mais de participação deste conselho, mesmo que esteja fora do estatuto”, disse Curi. “A entidade tem um caráter imparcial de solicitações junto aos poder público e de mobilizar o setor privado. Sabemos o que tem de ser feito, só precisamos aumentar este grau de participação, invés de reclamar, reivindicar com projetos e ações factivas”. A cerimônia de posse está marcada para o dia 12 de março.

Agência Mosaico

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).