Inicio » Minas Gerais » MG – Impasse sobre demissão de servidores públicos de Minas Gerais é mantido

MG – Impasse sobre demissão de servidores públicos de Minas Gerais é mantido

Problema. Governador Fernando Pimentel foi ao Supremo conversar sobre a situação em Minas
Problema. Governador Fernando Pimentel foi ao Supremo conversar sobre a situação em Minas

O Superior Tribunal Federal (STF) adiou a análise de um recurso da Lei 100, que tenta reverter a decisão da demissão de 59 mil funcionários não concursados na área de educação do Governo do Estado. O pedido foi feito pelo governador de Minas, Fernando Pimentel (PT) e aceito pelo Supremo.

A previsão era votar o item ainda nesta semana, mas o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, retirou o processo da pauta dos ministros. Caso o órgão rejeite o recurso do governo mineiro, os funcionários teriam que ser demitidos a partir de 1º de abril. Não há previsão de quando o caso será apreciado em plenário pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Agora, o Estado ganhou mais tempo para realizar as demissões de forma gradativa. Pimentel viajou na última quarta-feira (4), para Brasília, com o objetivo de reunir-se com o ministro, Dias Toffoli e pedir o adiamento.
Na oportunidade, o governador afirmou que a estratégia era ganhar tempo. “A lei é inconstitucional, nós vamos ter que, certamente, abrigar esses servidores que serão exonerados de outra forma, mas não poderemos mantê-los na condição de efetivos. Então, vamos propor o adiamento do julgamento para que o governo tenha um prazo maior e consiga achar uma situação mais confortável para os servidores, com menos fricção, até o fim do ano”, disse.
Em março de 2014, o STF decidiu que a Lei 100 era inconstitucional e determinou as exonerações até 1º de abril de 2015. Pimentel quer manter os funcionários nos cargos até o final de 2015.
.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).