Inicio » Economia » Minerva projeta receita líquida de até R$ 10,5 bi em 2015

Minerva projeta receita líquida de até R$ 10,5 bi em 2015

Minerva projeta receita líquida de até R$ 10,5 bi em 2015

Frigorífico Minerva Janaúba
Frigorífico Minerva Janaúba

Companhia divulgou seus resultados consolidados de 2014: recorde de exportações e receita bruta de R$ 7,5 bi, alta de 28,7% sobre 2013

A Minerva, uma das líderes na América do Sul na produção e comercialização de carne in natura, gado vivo e seus derivados, estima para 2015 atingir uma receita líquida entre R$9,5 bilhões e R$10,5 bilhões. O valor, divulgado em Fato Relevante registrado na CVM, foi projetado com base no crescimento orgânico das operações, consolidação das aquisições realizadas nos últimos 12 meses (incluindo a possível concretização da aquisição do frigorífico Red Cárnica, na Colômbia) e uma taxa de câmbio de R$ 2,80/US$ 1,00.

Além do Fato Relevante, a empresa divulgou nesta quarta-feira os resultados consolidados do ano passado. Em 2014, a Minerva apresentou uma receita bruta de R$ 7.454,4 milhões, crescimento de 28,7% quando comparada com 2013. No quarto trimestre de 2014, a receita bruta foi de R$ 2.286,9 milhões, 49% superior à receita registrada no mesmo período do ano anterior. O fluxo de caixa livre foi positivo em R$ 158,6 milhões no quarto trimestre de 2014. No ano, o fluxo de caixa operacional foi de R$ 341,4 milhões.

A posição de caixa em 31/12/2014 era de R$ 2.5 bilhões, 3,4x superior aos vencimentos de curto prazo. O ROIC (Retorno Sobre o Capital Investido) – no período foi de 21,0% no 4T14, e ficou estabilizado em comparação ao trimestre passado, reforçando mais uma vez o comprometimento da empresa com o retorno de suas operações.

A companhia registrou R$ 2,127 milhões em receita líquida no quarto trimestre de 2014, valor 47,3% superior ao mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, a Minerva teve uma receita líquida, sem considerar os efeitos proforma das recentes aquisições, de R$ 7,0 bilhões, aumento de 28,1% ao verificado em 2013.

No ano, as exportações da Minerva foram responsáveis por aproximadamente 65% do faturamento total, resultado da crescente demanda e menor oferta de carne no mercado internacional. O resultado do foco em gestão de risco e eficiência nos canais de venda pode ser evidenciado pelo desempenho das exportações. Em 2014, a Minerva se destacou como um dos maiores exportadores de carne da América do Sul, cujas vendas cresceram 19,4% em relação ao ano de 2013.

O Resultado da Divisão Carnes representou 77% da Receita Bruta em 2014, com destaque para o forte desempenho das vendas no mercado interno, que cresceram 39,3% em relação ao ano de 2013, fruto da estratégia adotada pela Companhia, com foco no pequeno e médio varejo, food service, e otimização dos canais de distribuição.

O EBTIDA do 4T14 foi de R$ 196,3 milhões, 28% maior do que o 4T13, com margem EBTIDA de 9,2%. Em 2014, o EBTIDA Ajustado foi de R$ 760,3 milhões, sendo que a margem foi de 9,5% no período.

Aumento da presença no exterior

Em 2014, a Companhia avançou em frentes importantes no plano de crescimento. Foram adquiridos uma planta de abate e desossa em Janaúba, estado de Minas Gerais, e uma em Montevideo, no Uruguai. Ainda, foi concluída em outubro de 2014 o processo de aquisição das duas plantas localizadas no estado do Mato Grosso.

“Elevamos nossa capacidade em cerca de 40% e passamos a ter um parque industrial mais completo e diversificado, com quinze plantas de abate e desossa estrategicamente localizadas em sete estados brasileiros, no Uruguai e Paraguai’, explica Fernando Galletti de Queiroz, diretor-presidente da Minerva. “Em fevereiro de 2015, celebramos um Memorando de Entendimentos para aquisição do Frigorífico Red Cárnica, na Colômbia, em continuidade a estratégia de focar expansão na América do Sul. A maior diversificação geográfica na região é fundamental para a eficiência de nossas operações e melhor gestão de riscos”, completa.

“Demos passos importantes no que tange a Governança Corporativa em 2014. No Conselho de Administração, tivemos o ingresso de dois novos membros independentes indicados pela BRF. No âmbito executivo, adotamos um novo modelo matricial com a criação de quatro unidades de negócios lideradas por diretores executivos de operações (Chief Operating Officer) que compreendem Beef Brasil, Beef América do Sul, Distribuição/Logística e Outros Negócios. O objetivo desta reorganização foi dinamizar processos internos e tornar ainda mais ágil o processo de tomada de decisões na Companhia”, diz Galletti de Queiroz.

O relatório completo do quarto trimestre de 2014 pode ser conferido em www.minervafoods.com   

Sobre a Minerva

A Minerva Foods é uma das líderes na América do Sul na produção e comercialização de carne bovina, couro, exportação de gado vivo e derivados, é o segundo maior exportador brasileiro do setor em termos de receita bruta de vendas, e atua também no segmento de processamento de carne bovina, suína e de aves, comercializando seus produtos para mais de 100 países. Em 31 de dezembro de 2014, a Companhia tinha capacidade diária de abate de 15.880 cabeças de gado e de desossa equivalentes a 18.866 cabeças de gado por dia. Presente nos estados de São Paulo, Rondônia, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, e também no Paraguai e no Uruguai, a Minerva operava 15 plantas de abate e desossa, uma planta de processamento e treze centros de distribuição. Em 2014, a Companhia apresentou uma receita bruta de vendas de R$ 7,5 bilhões, representando crescimento de 29% em relação à 2013.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).