Inicio » Nacional » Brasil – Primeira morte por dengue na capital paulista é confirmada

Brasil – Primeira morte por dengue na capital paulista é confirmada

Brasil – Primeira morte por dengue na capital paulista é confirmada

No estado, os dados são referentes aos meses de janeiro e fevereiro e mostram 38.714 casos de dengue
No estado, os dados são referentes aos meses de janeiro e fevereiro e mostram 38.714 casos de dengue

Nos dois primeiros meses do ano, houve aumento de 139% nos casos notificados de dengue no País

A primeira morte por dengue na capital paulista foi confirmada hoje (6) pelo Instituto Adolfo Lutz, da rede estadual de saúde. A vítima era uma idosa, com aproximadamente 80 anos, moradora da Freguesia do Ó, zona norte da cidade, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado.

A prefeitura divulgou o último balanço sobre a situação da dengue na cidade na quinta-feira (26). No período de 4 de janeiro até 14 de fevereiro, 2.708 casos foram notificados e 563 foram confirmados autóctones (contraídos no município).

No estado, os dados são referentes aos meses de janeiro e fevereiro e mostram 38.714 casos de dengue. A doença matou 32 pessoas, incluindo aquela confirmada hoje na capital paulista.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, informou hoje que, nos dois primeiros meses do ano, houve aumento de 139% nos casos notificados de dengue no País, em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro e fevereiro de 2015, foram 174,67 mil registros, contra 73,13 mil no primeiro bimestre de 2014.

oBoticário

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).