Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Quando o tamanho é documento

Uma nigeriana pediu o divórcio depois de ficar casada por somente uma semana, após descobrir que o marido tinha o pênis muito grande Aisha Dannupawa, de Zamfara, Estado da Nigéria, tinha sido casada com Ali Maizinari há apenas uma semana, quando pediu a anulação do casamento a um tribunal. De acordo com a mulher, a razão era “enorme”. Ela alegou que a única razão era que não poderia lidar com o tamanho do membro do marido. A dona de casa relatou no tribunal a sua primeira experiência íntima o com marido. Ela disse: “Ao invés de desfrutar do sexo, tudo acabou sendo um pesadelo”. A nigeriana ainda disse que sua mãe lhe deu alguns medicamentos para que conseguisse continuar transando com o marido, porém não adiantou, já que a segunda noite foi tão ruim quanto à primeira. “Minha mãe disse que com o tempo eu me acostumaria, mas depois da segunda vez percebi que era demais para eu suportar”, acrescentou. O marido não negou as acusações e disse que se divorciaria caso tivesse o dinheiro da cerimônia de casamento devolvido. Ao ler a noticia publicada no Diário de Tókio um dos jornais mais vendidos no país o empresário do ramo de celulares falsificados Takufhuru Nuku que por coincidência havia tomado um “pé na bunda” da esposa brasileira Areta Marieta pelo inverso da nigeriana, Ficou todo aceso durante um bate papo com Aisha Dannupawa numa rede social chegando a exibir-se de corpo inteiro na intenção de conquistá-la. Porém ela educadamente disse a ele que no momento não pretendia se relacionar seriamente com ninguém, qualquer coisa depois lhe dava o toque. Lembrando que Areta Marieta é ex-amasia do ator pornô Kid Bengala, tamanho para ela é documento.

Uma advogada que reside no município do Porto Grande, no Amapá, ingressou com uma ação na Justiça para processar o ex-marido por um motivos parecidos daquele do letreiro de cima. O processo é referente a insignificância peniana do antigo companheiro, um comerciante de 53 anos, que reside no mesmo município. O caso é inédito no Brasil, mas frequente, por exemplo, nos Estados Unidos e no Canada. A autora da ação, em depoimento à imprensa, afirmou que se soubesse do “problema”, jamais teria casado com um “impotente”. Eles namoraram por dois anos e durante esse período, de acordo com a mulher, eles não tiveram nenhum relacionamento sexual devido a orientação religiosa do comerciante. A advogada acusa o ex-marido de ter usado a religião para esconder seu problema crônico, que é caracterizado por um pênis que, em estado de ereção, não atinge oito centímetros. De acordo com a literatura médica, esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual. A advogada pleiteia uma indenização de R$ 200 mil e a anulação do casamento pelo fato da legislação brasileira considerar um erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge a existência da “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”. O comerciante agora é conhecido na região como Toninho Anaconda. Ele declarou que a repercussão do caso lesionou a sua honra e também quer reparação por ter tido sua intimidade revelada. Em montes claros um caso semelhante corre em segredo de justiça por ser o acusado, nome de grande expressão na política. A ex-mulher que nos últimos dias fora vista em barzinho do Major Prates com um servidor publico do Shopping Popular, disse ao repórter da Coluna Claudio “boca de veia” que o ex  tem apenas 15 dias para depositar a primeira parcela de uma chantagem de 30 mil reais feita por ela, caso contrário fotos do seu bilauzinho irá para o Facebook.

E tome mais pênis

No Novo México (EUA), uma violenta briga fez com que uma mulher fosse presa, após tentar desmembrar o pênis do marido. Tudo, na frente dos filhos. A discussão entre Rebecca White e o marido Rodney White foi realmente pesada. Rebecca White, 30, e o marido Rodney White, começaram uma violenta discussão.Segundo a Polícia, o marido acusou a esposa de ter quebrado a televisão, dado socos em seu rosto, além de ter o ameaçado com um garfo e uma faca. De acordo com os relatos de Rodney, em seguida, Rebecca teria começado a sufocá-lo. Então, num ataque de raiva, ela pegou em seu pênis, tentando arrancá-lo. Contudo, Rebecca afirmou à polícia que o “quebra-pau” começou porque o marido ficou com ciúmes de um homem que ela conversava no Facebook. A esposa se defendeu dizendo que apenas quebrou a TV porque o marido jogou seu computador no chão.

Um rapaz que aguardava no ponto de Ônibus da Praça Coronel Ribeiro:  

Tenho 19 anos e sou virgem, Já tive chances de transar, mas sempre fujo por ter vergonha do tamanho do meu pênis, tenho medo da menina sair espalhando que é muito pequeno para as amigas dela e se meus amigos ficam sabendo então, eu morro. Por isso estou pensando em ficar com um menino, mas eu sendo a fêmea,  será que só por experimentar uma mordida no travesseiro a gente vira gay?

Caro leitor sua pergunta será encaminhada ao departamento de Sexologia da Coluna e amanhã daremos a resposta.

Esta edição especial sobre pênis é para atender um e-mail do leitor Milton “bunda  rosa”  do bairro Edgar Pereira. Nesta data querida ele completa  mais um anus de vida. Parabéns e continue lendo, Hesiodo é Cultura.

Riso da Hora

Uma loira, desconfiada de que o marido está tendo um caso, compra uma arma para ajustar contas. No dia seguinte, chega em casa e encontra o maridão com uma bela ruiva. Ela pega a arma, aponta para a própria cabeça, mas o esposo pula da cama e implora para que ela não se mate. A loira, histérica, responde: “Cala a boca, que você é o próximo!”

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

 

 

 

 

 

 

 

 

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).