Inicio » Economia » Cooperativa de crédito Sicoob Credinor dobra volume de negócios

Cooperativa de crédito Sicoob Credinor dobra volume de negócios

Cooperativa de crédito Sicoob Credinor dobra volume de negócios

Cooperativa de crédito Sicoob Credinor dobra volume de negócios
Cooperativa de crédito Sicoob Credinor dobra volume de negócios

O cooperativismo já deu grandes contribuições ao desenvolvimento do norte de minas através das cooperativas de produção. O Cooperativismo de crédito, que é o caso do Sicoob Credinor, busca fazer o mesmo caminho e provocar cada vez mais uma participação positiva na economia local.

Com 20 agências em 17 municípios do norte de Minas o  Sicoob Credinor foi criado para atender o produtor rural, mas mudanças no sistema possibilitaram sua migração para  o sistema de livre admissão, podendo operar em todo o segmento de negócios, seja no comércio, indústria, prestadores de serviços, entre outros. Isso possibilitou uma maior inserção de pessoas ao sistema e o crescimento do número de cooperados. Somente nos últimos quatro anos, houve um aumento de 21,5% no número de associados ativos.

“Neste panorama, o Sicoob Credinor vem construindo um cenário cada vez mais positivo para os seus 12.500 associados. Nos últimos quatro anos, a cooperativa de crédito dobrou seus números e apresentou resultados inéditos na história da Credinor colocando-a diante de uma nova realidade e capacitando-a  para competir com as grandes instituições financeiras, afirma Dario Colares, presidente do Conselho de Administração e Candidato a reeleição.

Os avanços são muitos e Dario Colares quem lidera o grupo vitorioso, que apresenta rendimentos e benefícios devem ser percebidos em todas as instâncias, como o crescimento do próprio cooperado, da região onde a instituição esta inserida e do cooperativismo.

Em quase 30 anos de atividade, o Sicoob Credinor vem apresentando grandes avanços, assistindo seus cooperados através de produtos e serviços, parceria na assistência creditícia e educação financeira.

“Diferente dos bancos convencionais, uma cooperativa distribui mais recursos que capta. O dinheiro permanece e é reinvestido nas comunidades, interferindo diretamente na qualidade de vida das pessoas. Muitos exemplos desta atuação podem ficar diluídos em centros maiores, mas é claramente percebido em pequenas comunidades”, afirma Osmani Barbosa Neto, produtor rural.

O cooperativismo de crédito tem uma postura mais justa e igualitária  no sistema financeiro. É uma associação de pessoas e não de capitais e é inclusivo quando possibilita a participação do pequeno, que não ocupava nenhum lugar no sistema financeiro antes da chegada das cooperativas e apoia o empreendedorismo, a atividade produtiva abrindo oportunidades para a sua concretização.

“Para que o norte-mineiro cresça de forma sustentável e vença os desafios que se apresentam é preciso que o associado confie no cooperativismo como um movimento poderoso na construção do desenvolvimento e que participe ativamente de sua cooperativa, fortalecendo a instituição e propagando os seus benefícios”, conclui Edgar Santos, empresário.

Em Minas Gerais, o Sistema Sicoob Crediminas supera R$ 7 bilhões de ativos com 514 pontos de atendimento, 5.803 colaboradores e dirigentes e 542 mil associados.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).