Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Orgasmo: 67% das mulheres já fingiram; veja outros 14 fatos

Orgasmo: 67% das mulheres já fingiram; veja outros 14 fatos

Orgasmo: 67% das mulheres já fingiram; veja outros 14 fatos

Pesquisa: 57% das mulheres chegam ao orgasmo sempre ou na maioria das vezes que fazem sexo, enquanto 95% delas acreditam que seus parceiros sempre chegam ao clímax
Pesquisa: 57% das mulheres chegam ao orgasmo sempre ou na maioria das vezes que fazem sexo, enquanto 95% delas acreditam que seus parceiros sempre chegam ao clímax

Em pesquisa sobre orgasmo feminino, revista conclui que mais de 70% das mulheres não têm orgasmo por falta de estimulação clitoriana.

Não é nenhum segredo que mulheres e homens fingem orgasmos, então, para entender melhor o assunto, a revista Cosmopolitan fez uma ampla pesquisa sobre o assunto com a ala feminina e concluiu que 67% delas já fingiram ter prazer durante o sexo por razões diversas: 28% para não chatearem o parceiro, 27% para acabar com a transa mais rápido e 42% já fizeram pelos dois motivos. Os dados são do site inglês Daily Mail.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).