Inicio » Nacional » Caso Bernardo – Laudo aponta que carta de suicídio da mãe de Bernardo foi forjada

Caso Bernardo – Laudo aponta que carta de suicídio da mãe de Bernardo foi forjada

Segundo perito contratado pela avó de Bernardo, letra da carta era diferente da letra de Odilaine Uglione.

Caso Bernardo - Laudo aponta que carta de suicídio da mãe de Bernardo foi forjada
Caso Bernardo – Laudo aponta que carta de suicídio da mãe de Bernardo foi forjada

Peritos analisaram a carta de suicídio da mãe de Bernardo, morta em 2010, no Rio Grande do Sul, e concluíram que ela foi forjada. A informação foi divulgada em reportagem do “Fantástico” deste domingo (29).

O laudo, encomendado pela avó do menino, levanta suspeitas que podem reabrir as investigações da morte de Odilaine Uglione.

A carta teria sido escrita em 9 de fevereiro de 2010. Com base no depoimento de testemunhas e nos laudos da perícia oficial, a polícia chegou à conclusão de que se tratava de suicídio.

Depois da morte de Bernardo, há um ano, a mãe de Odilaine começou a investigar o suposto suicídio da filha e contratou peritos particulares. Segundo o perito judicial Ricardo Caires dos Santos, após fazer um exame grafotécnico da carta, foram constatadas diferenças significativas na letra de Odilaine e na que aparece na carta.

O perito concluiu também que a pessoa que teria elaborado a carta de suicídio tentou imitar a forma de escrever de Odilaine.

Para a família de Odilaine, não houve suicídio e a morte da mãe de Bernardo tem que ser investigada de novo. O Ministério Público já pediu à polícia novas informações sobre a investigação feita na época, e nos próximos dias deve dizer se vai pedir a reabertura do caso ou não.

A delegada do caso Bernardo também foi a responsável pela investigação da morte da mãe do menino. Ela diz que não há nenhum indício de que Leandro Boldrini tenha envolvimento no suicídio de Odilaine.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

No próximo sábado, a morte de Bernardo completa um ano.
No próximo sábado, a morte de Bernardo completa um ano.

O caso Bernardo

No próximo sábado, a morte de Bernardo completa um ano. Seu pai, Leandro Boldrini, a mulher dele, Graciele, Edelvânia Wirganovicz e o irmão dela Evandro ainda não prestaram depoimento para o juiz do caso e os quatro continuam presos. A expectativa do Ministério Público é de que o julgamento aconteça neste ano.

Leandro Boldrini e Evandro Wirganovicz negam envolvimento na morte do menino. Já Graciele e a amiga dela, Edelvânia, falam em acidente. A madrasta diz que deu calmantes demais para o enteado.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).