Inicio » Economia » Preço de imóveis registra queda real de 3,1% no ano

Preço de imóveis registra queda real de 3,1% no ano

Preço de imóveis registra queda real de 3,1% no ano

Essa é a terceira vez seguida que o índice registra queda real (variação menor que a inflação) na base de comparação anual e a quinta consecutiva na base mensal
Essa é a terceira vez seguida que o índice registra queda real (variação menor que a inflação) na base de comparação anual e a quinta consecutiva na base mensal

Os preços médios de apartamentos à venda registraram queda real de 3,1% no ano, de acordo com o índice FipeZap divulgado nesta quinta-feira (2). No mês de março, a alta foi de 0,14% frente a fevereiro, e um aumento de 5,34% na comparação com o mesmo período em 2014. Essa é a terceira vez seguida que o índice registra queda real (variação menor que a inflação) na base de comparação anual e a quinta consecutiva na base mensal.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Em ambos os casos, os aumentos registrados foram menores do que a inflação verificada pelo IPCA-15, a prévia da inflação oficial do país, que acelerou a alta a 1,33% em fevereiro, acumulando 7,9% em 12 meses, de acordo com dados do IBGE.

A pesquisa da Fipe acompanha o preço médio de venda do metro quadrado de imóveis em 20 cidades pesquisadas. No ano de 2015, o índice subiu 0,69% ante a inflação de 3,91% esperada para o IPCA, que será divulgado pelo IBGE na próxima quarta-feira.

No ano, todas as 20 cidades que compõem o índice registraram variações menores que a inflação. O valor médio do metro quadrado em março foi de R$ 7.491. Sendo o Rio de Janeiro a cidade com o metro quadrado mais caro, R$ 10.650, seguido por São Paulo, cujo preço médio é de R$ 8.538. Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.414) e Goiânia (R$ 4.017).

Na comparação mensal, o Rio mostrou estabilidade dos preços, ante alta de 0,31% em fevereiro sobre janeiro. Em São Paulo, houve aumento mensal de 0,53% em março. Os maiores avanços foram registrados em Florianópolis, cuja alta foi de 2,06% e Porto Alegre, com aumento de 1,2%.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).