Inicio » Mais Seções » Saúde » Saúde – Médicos alertam para os riscos de fraturas na água durante a Semana Santa

Saúde – Médicos alertam para os riscos de fraturas na água durante a Semana Santa

Saúde – Médicos alertam para os riscos de fraturas na água durante a Semana Santa

JONM_837567834t58743658743875y8w7ey7856487 (2)

O mergulho em águas rasas é a quarta causa de lesão medular no país, segundo dados do Ministério da Saúde (MS). No Hospital de Pronto Socorro João XXIII (HPS), referência em atendimentos a traumas em Belo Horizonte, a quantidade de fraturas causadas por imprudência em piscinas, lagoas e cachoeiras aumenta em feriados prolongados como a Semana Santa. Não há dados específicos porque no HPS este tipo de atendimento é registrado pelo tipo de lesão e não pela causa.

oBoticário

///////////////////////////

.

Mas segundo o chefe da Clínica de Neurologia do João XXIII, Rodrigo Faleiro, o problema é grave. Ele explica que mergulhos em águas rasas e  saltos podem causar traumatismos crânio-encefálico (TCE) e raquimedular (TRM), que podem levar a uma paraplegia (paralisia das pernas) ou tetraplegia (paralisia dos braços e pernas), e ainda a problemas neurológicos. “Brincadeiras na água podem se transformar em um acidente grave. Principalmente se estiverem relacionadas ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, porque as pessoas ficam com menos reflexos”, alerta o médico.

Como agir em caso de acidentes na água
O socorro deve ser especializado, já que alguns movimentos feitos por leigos podem agravar a lesão. Enquanto isso, imobilize a vítima deitando-a em um lugar o mais reto possível.  Não teste seus movimentos pois isso pode lesar a coluna. Tente acalmá-la até que o resgate chegue.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).