Inicio » Mais Seções » Entretenimento » Número de brasileiros que leem livros cai em 2014

Número de brasileiros que leem livros cai em 2014

Número de brasileiros que leem livros cai em 2014

Segundo pesquisa da Fercomercio-RJ, caiu de 35% para 30% a quantidade de pessoas que leram ao menos um livro no ano passado

Número de brasileiros que leem livros cai em 2014
Número de brasileiros que leem livros cai em 2014

Uma pesquisa sobre os hábitos culturais dos brasileiros, realizada pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) e divulgada nesta segunda (6/4), apontou que sete em cada dez pessoas no Brasil não leram nenhum livro em 2014. O número significa uma queda de 5% no número de leitores do País, se comparado a 2013. Os dados foram coletados em 70 cidades de nove regiões metropolitanas.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Houve queda no número de brasileiros que disseram realizar no ano passado alguma atividade cultural. As idas ao cinema também caíram, mas as saídas para ir a peças cresceram em 2014. Ainda assim, só 11% das pessoas disseram ter ido ao teatro nos últimos dois anos.

Na pesquisa, o principal motivo alegado pelos entrevistados para não ir ao teatro, sair para o cinema ou ler um livro é a falta de hábito.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).