Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Governo de Minas resolve entraves e entrega 50 casas a famílias de Rio Pardo de Minas

Norte de Minas – Governo de Minas resolve entraves e entrega 50 casas a famílias de Rio Pardo de Minas

Após solucionar pendências deixadas pela gestão passada, Sedru e Cohab entregam conjunto habitacional que estava concluído, colocando fim a dois anos de espera da população do município do norte de Minas.  

Representando o governador Fernando Pimentel, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, destacou que, em menos de 100 dias, as questões burocráticas que impediam a inauguração do residencial, foram resolvidas pelo novo governo
Representando o governador Fernando Pimentel, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, destacou que, em menos de 100 dias, as questões burocráticas que impediam a inauguração do residencial, foram resolvidas pelo novo governo

Uma ação articulada entre a Sedru, Cohab, Copasa, Copanor e Cemig permitiu a inauguração do Conjunto Habitacional Bela Vista no município de Rio Pardo de Minas, que vai beneficiar 50 famílias. Após dois anos de conclusão da obra, o governo do Estado, por meio da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), fez a entrega que teve investimentos de R$ 2,4 milhões, com contrapartidas do governo Federal, Estado e Prefeitura.

Representando o governador Fernando Pimentel, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, destacou que, em menos de 100 dias, as questões burocráticas que impediam a inauguração do residencial, foram resolvidas pelo novo governo. “A pedido do governador, sentamos com todos os entes e empresas públicas envolvidas, para tentar destravar os problemas que fizeram com que tantas pessoas adiassem o sonho da casa própria” disse.

Ao assumir a Secretaria no início do ano, Tadeu Martins Leite encontrou problemas de gestão, que estavam impedindo a entrega das casas construídas pela Cohab. “Quando entrei na Sedru, me deparei com 51 conjuntos habitacionais parados, sem condições de entrega à população, porque a Copasa não tinha instalado água e esgoto e a Cemig não tinha feito as ligações de energia. Em pouco tempo, já inauguramos três destes conjuntos e vamos privilegiar o diálogo e as ações sincronizadas para entregar os demais que ainda estão pendentes” destaca.

O secretário ressaltou ainda a importância destas casas para as famílias beneficiadas. “Fico realizado por ver a felicidade destas pessoas, que agora terão um teto para criarem seus filhos. Elas lutaram e sonharam a vida toda por uma casa própria. É isso que nos move e é este o objetivo do governador Fernando Pimentel. Ainda temos muito que fazer, mas acabamos de chegar, e não tenho dúvidas que vamos cumprir a meta de reduzir o déficit habitacional do Estado de Minas Gerais”.

Tadeu Martins Leite lembrou ainda que existem outras metas do Governo do Estado na microrregião do Alto Rio Pardo, a exemplo das regularizações fundiárias, “que são um entrave para o desenvolvimento”, observou.

O evento contou com as presenças do prefeito de Rio Pardo de Minas, Jovelino Pinheiro, do vice-prefeito Geraldo Cantídio, do coordenador do escritório da Cohab Minas na região, Gerson Olemberg, do secretário-adjunto da Sedru, João Batista, do presidente da Câmara Municipal, Juscelino Miranda, demais vereadores e secretários municipais.

Sonho realizado

Sidnéia dos Santos Silva foi uma das beneficiadas com uma casa no Conjunto Bela Vista. Mãe de três filhos menores de idade, um deles deficiente visual, ela conta que viveu durante muitos anos de aluguel e teve que se mudar várias vezes. “Na minha condição, não teria capacidade de comprar nem um lote. Uns falam que aqui é longe, mas esta casa é minha”. O sentimento de felicidade foi compartilhado por Daniela Lopes, também beneficiada: “É muito bom dizer que esta casa é minha. Vai mudar tudo na minha vida”.

Késia Nélia Batista morou durante cinco anos com a sogra, desde quando se casou, e agora vai ter uma casa própria para viver ao lado do marido e da filha. “Para chegar até aqui, tive que  acreditar em muita coisa, mas a esperança é a última que morre e hoje comemoramos esta realização”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).