Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Sedinor e associações microrregionais de municípios firmam parceria para agilizar execução do programa Água para Todos

Norte de Minas – Sedinor e associações microrregionais de municípios firmam parceria para agilizar execução do programa Água para Todos

Norte de Minas – Sedinor e associações microrregionais de municípios firmam parceria para agilizar execução do programa Água para Todos

CHL_4771

Uma reunião na manhã desta terça-feira (14/4/15) marcou o início de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor) e as associações microrregionais de municípios, com o objetivo de dar celeridade às ações do programa Água para Todos. A primeira força-tarefa será para tirar do papel um convênio assinado, em 2013, entre o sistema Sedinor/Idene e o Ministério da Integração Nacional, no valor de R$ 100,9 milhões, que prevê a construção de 962 pequenas barragens.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

No encontro que reuniu representantes de dez associações microrregionais de municípios do Norte e Noroeste de Minas e dos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce, o secretário Paulo Guedes pediu o apoio dos prefeitos para que ajudem na elaboração dos projetos para a construção das barragens. Segundo ele, com esta contrapartida dos municípios será possível avançar pelo menos dois anos na execução das obras. “Se a Secretaria for licitar esse serviço, perderemos ainda mais tempo e sabemos que as famílias que sofrem com a seca têm pressa. Por isso, propomos que as associações microrregionais, que já tem engenheiros e técnicos da área, possam elaborar esses projetos seguindo um modelo padrão do Ministério da Integração Nacional e sob a consultoria dos técnicos do programa. Assim, a gente vence uma etapa e licita a obra com mais rapidez”, afirmou o secretário.

O presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), César Emílio Lopes Oliveira, considera positiva a parceria e afirma que a Amams está disposta a ajudar no que for preciso para que as obras do programa Água para Todos sejam executadas mais rapidamente. “As associações, com seus técnicos e sua experiência adquirida ao longo dos anos, poderão contribuir e ajudar seus municípios que sofrem com a escassez de água. Estaremos juntos nesta missão”, garantiu o prefeito de Capitão Enéas.

A parceria será formalizada a partir de um termo de cooperação técnica entre a Sedinor e as associações de municípios. “Queremos envolver os prefeitos, os conselhos municipais de desenvolvimento rural sustentável (CMDRS), a sociedade em geral, além do apoio de outros órgãos como a Emater e a Ruralminas, que também trabalham nesses projetos e que poderão somar conosco”, disse o secretário ao ressaltar que as demandas devem partir da própria comunidade. “Vamos atender os grupos de famílias que mais precisam e para fazer este mapeamento é preciso contar com a colaboração de todos”, completou Paulo Guedes.

O secretário informou que já solicitou à Ruralminas que disponibilize um levantamento técnico já realizado pela empresa que aponta os locais que tem maior necessidade de construção de barragens na região de abrangência da Sedinor e que ainda não foram atendidos. As pequenas barragens são barramentos de 8 mil metros cúbicos que atendem cerca de 40 famílias cada uma, especialmente para produção agrícola e dessedentação dos animais.

SEDINOR PÉ NA ESTRADA

Na reunião, o secretário Paulo Guedes anunciou a campanha “Sedinor Pé na Estrada”, um cronograma de visitas regionais com objetivo de ampliar o diálogo com a população e buscar formas de aprimoramento das ações da Secretaria.  “Vamos ouvir para governar. Estar perto das pessoas e sentir os problemas de cada região. O Pé na Estrada é isso. Vamos até onde está o problema, vamos ouvir os prefeitos, os presidentes de associações e dos CMDRS, os vereadores e as lideranças locais que vão nos ajudar a enfrentar a demanda com a seca e também as demandas sociais que existem em cada região”, declarou.

Segundo o secretário, além do Água para Todos, nos encontros regionais também serão discutidos todos os programas e ações da Secretaria, como o Leite pela Vida, o Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR), o Brasil Alfabetizado e o Artesanato em Movimento entre outros.

Paulo Guedes adiantou que pretende aperfeiçoar e ampliar todos os programas de forma a melhorar o atendimento à população e incluir todas as regiões que ainda estão de fora. É o caso de municípios do Vale do Rio Doce e do Noroeste de Minas que, em 2013, passaram a integrar a área de abrangência do Sistema Sedinor/Idene, mas ainda não foram contemplados nas ações da Secretaria.

O vice-presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Alto Jequitinhonha (Amaje), Marlio Costa, recebeu a proposta com entusiasmo. “É um ânimo novo. É a retomada de uma luta que nós já vínhamos há muito tempo buscando aqui no Estado. A gente sai daqui animado com o propósito do governo e da Secretaria, de retomar os projetos já existentes e incluir os demais. E o que mais tenho a ressaltar é o ânimo do secretário de universalizar esses programas e ser republicano, atendendo a todos os municípios que fazem parte da Sedinor. Estamos saindo daqui reconfortados, retemperados, com um novo ânimo, porque esses programas ajudam os municípios no combate à estiagem, na alfabetização e em todos os setores produtivos”, afirmou o prefeito de Jenipapo de Minas.

Também participaram do encontro o presidente da Associação dos Municípios do Médio Jequitinhonha (Ameje), Armando Jardim Paixão, prefeito de Araçuaí; o presidente da Associação dos Municípios do Alto Jequitinhonha (Amaje), Marcos Joseraldo Lemos (Marquinho), prefeito de Carbonita; o presidente da Associação dos Municípios do Médio São Francisco (Ammesf), Denílson Rodrigues Silveira (Denilsão), prefeito de Francisco Sá; o secretário executivo da Associação dos Municípios da Bacia do Suaçuí (Ambas), Alcides Robson da Rocha; o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Leste de Minas Gerais (Assoleste), Genil Mata da Cruz, prefeito de Central de Minas; o vice-presidente da Amams, Luiz Rocha Neto, prefeito de São Francisco; a secretária executiva da Associação dos Municípios do Médio Rio Doce (Ardoce), Silvana Cássia Vieira; a secretária executiva da Associação dos Municípios do Baixo Jequitinhonha (Nova Ambaj), Alina Gonçalves da Cruz; a secretária executiva da Associação dos Municípios do Vale do Mucuri (Amuc), Cinara Pacheco Gerde; além dos prefeitos de Rio Vermelho, Djalma de Oliveira; Pavão, Antonio Carlos de Almeida Ruas; Sabinópolis, Carlos Roberto Barroso Mourão; Santo Antônio do Jacinto, Emerson Pinheiro Ruas, e Araçuaí, Armando Jardim Paixão.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).