Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Justificativas por não ter publicado ontem

Senhores leitores, algumas coisas não devem ser ditas abertamente, mas temos uma relação gozativa diária e jamais vou me travestir de coito interrompido, portanto me vejo no direito inalienável de lhes expor a minha falta de ontem. Já que recebo meu salário em dia e meu redator não tem a menor culpa se meu computador pifou ou se tomei  Óleo de Rícino pensando ser  Dipirona. Devo dizer aos  que lêem diariamente a coluna e as vezes criticam as intervenções do meu assessor de todas as horas, Claudio “boca de veia”que eu fui para Juramento passar o feriado com minha Maria e minha cadela “Tripa”  não tenho Notebook, precisei do serviço de  Lan House, mas era  inexistente alí, mesmo assim com discurso demagógico o  Prefeito em nota divulgada pela imprensa marrom de Glaucilândia, criticou a minha postura e o resto não posso dizer. Como Tracy Chapman no seu Baby Can  I hold you peço  que vocês me for gyve!

Ainda Ferve

Uma advogada que reside no município do Porto Grande, no Amapá, ingressou com uma ação na Justiça para processar o ex-marido por um motivos parecidos daquele do letreiro de cima. O processo é referente a insignificância peniana do antigo companheiro, um comerciante de 53 anos, que reside no mesmo município. O caso é inédito no Brasil, mas frequente, por exemplo, nos Estados Unidos e no Canada. A autora da ação, em depoimento à imprensa, afirmou que se soubesse do “problema”, jamais teria casado com um “impotente”. Eles namoraram por dois anos e durante esse período, de acordo com a mulher, eles não tiveram nenhum relacionamento sexual devido a orientação religiosa do comerciante. A advogada acusa o ex-marido de ter usado a religião para esconder seu problema crônico, que é caracterizado por um pênis que, em estado de ereção, não atinge oito centímetros. De acordo com a literatura médica, esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual. A advogada pleiteia uma indenização de R$ 200 mil e a anulação do casamento pelo fato da legislação brasileira considerar um erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge a existência da “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”. O comerciante agora é conhecido na região como Toninho Anaconda. Ele declarou que a repercussão do caso lesionou a sua honra e também quer reparação por ter tido sua intimidade revelada. Em montes claros um caso semelhante corre em segredo de justiça por ser o acusado, nome de grande expressão na política. A ex-mulher que nos últimos dias fora vista em barzinho do Major Prates com um servidor publico do Shopping Popular, disse ao repórter da Coluna Claudio “boca de veia” que o ex  tem apenas 15 dias para depositar a primeira parcela de uma chantagem de 30 mil reais feita por ela, caso contrário fotos do seu bilauzinho irá para o Facebook.

Homem anuncia que quer vender a alma ao diabo

O lavrador Laurindo Salviano da Piedade de Jesus, surpreendeu a todos da zona rural de Caruaru-PE, nesta segunda feira (23) quando no final da procissão da águas, disse que havia perdido toda a colheita plantada, que no auge dos seus 65 anos só implorara que Deus olhasse por ele e os outros fracos da região, que não aguentava mais aquela situação de pobreza e privação das coisas, e que de agora para frente não queria mais saber de Deus, sua alma estava a venda para o Capeta por cinco mil reais. Assustados muitos cristãos contritos correram fazendo o sinal da cruz por medo de um castigo imediato. O Banqueiro e agiota, donos da maior frota de Jumentos da região publicou na sua pagina no Facebook; “Eita cabra tronxo, vai negociar com o cão e pede uma merreca dessa!”

Golpe sobre Golpe

Um homem se passando por policial acabou se dando mal ao tentar enquadrar um policial de verdade. Segundo relatos, um agente de folga estava dirigindo pelas ruas de Dumfries, na Escócia, quando viu que estava sendo seguido. O motorista do carro de trás, Shawn Michael Robinson, de 27 anos, colocou uma sirene móvel no veículo e pediu que ele encostasse. Imaginando que estivesse sendo abordado por um policial de verdade, o agente encostou o carro. O falso policial, então, parou ao lado e fez contato. Quando se identificou o verdadeiro policial o reconheceu do mundo do crime e deu voz de prisão. Mas a pataquada não termina ai, preso o falso policial pediu para chamar seu advogado, o que é permitido por lei, mas quando o advogado chegou foi preso por falsidade ideologica o tal  nunca pisara em terreno de escola de Direito e sim no solo de varios presidios. O pior é que o falso policial também não sabia que era enganado desde 2010 quando começou a contratar os serviços do charlatão.

Conversa no ponto de Onibus 

– Quando você está deprimida você procura o consolo de alguém ou você vai ao psicólogo e se abre pra ele?

Riso da Hora

A polícia dá uma batida pela noite. A mulherada é levada pro distrito e o delegado de plantão começa o interrogatório:

— Você aí, o que você faz da vida?

E ela:

— Eu sou estudante. Estava indo pra faculdade quando a polícia me prendeu.

— E você?

— Ah… eu também sou estudante.

— E você?

— Também estudo à noite.

O delegado olhou pra outra e perguntou:

— E você? Também é estudante?

— Não, doutor. Eu sou prostituta mesmo!

— Gostei da sua sinceridade. E como é que foi a noite pra você?

— Uma merda, doutor… também, com tanta estudante pela rua.

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).