Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

Coluna – Fragmentos Diários; (Aumento e também invento)

De badalos balangando

Uma corrida inusitada chamou atenção de moradores e convidados de um bairro da cidade de Curvelo no Centro Oeste de Minas. Organizada pelo Grupo de Naturistas “Vida Nua” e apoiado pela Prefeitura Municipal de São João da Lagoa, o evento tinha o propósito de mostrar a população que a liberdade do corpo não deve ser entendida como algo desrespeitoso, o slogan “Corra nu e sinta o vento no cu” foi retirado de um filme sobre nudez exibido nos anos 70, com a precussora da pratica “Luz Del Fuego”. Foram inscritos 104 pessoas, sendo 64 homens e 40 mulheres. Nos corredores do sexo masculino o numero foi pintado no órgão genital, na mullher foi na bunda. Durante a disputa a população foi eufórica, taxativa, as vezes muito critica, por exemplo uma senhora que estava a poucos centímetros de pular na pista gritava insistentemente “ Ei pinto numero 30 mais rápido meu! E você pintão de borracha, ta com hein?!” No final da corrida foram premiados todos os penis que cruzaram a linha, sendo que os três primeiros 18, 43 e 15 subiram ao podium. A exemplo deles, elas subiram ao podium com as bundas 98, 51 e 47. Durante o banho de champanhe um pinto desavisado retribui com uma urinada involuntária.

Pastor de mal com Deus

Uma mulher da cidade de Espinosa – MG  cometeu suicídio pulando de  um apartamento no 12º andar de um hotel onde trabalhava  como camareira. Mas ela infelizmente não foi sozinha,  matou um homem  que estava na rua abaixo, informou a polícia nesta quinta-feira. A mulher, de 47 conhecida como Consuelo, tomava medicamentos controlados para depressão e nos últimos dias vinha  exagerando nas  doses de bebidas alcoólicas, conforme depoimento de uma amiga. Até ai tudo bem, queria morrer e achava no seu direito tudo bem também, mas  levar junto o Pastor Adenildo Assis de brito de 65 anos é covardia. Ainda mais que ele só estava no local por   solicitação  do  gerente do hotel e chefe da mulher que a notou cabisbaixa e dizendo coisas estranhas. O pastor havia permanecido com a suicida durante quase  02 horas, ao sair dissera  ao gerente que o senhor estava aliviando a alma dela naquele momento. Tomou um suco de tomate com bolo de milho e saiu sorridente com a bíblia de capa marrom na mão esquerda. Seu carro estava estacionado numa rua nos fundos do hotel. Assim que encostou a chave na fechadura para abrir o corpo caiu sobre ele, os dois morreram na hora.

“Menino no banheiro sola um sonho só de gozo entre a mão e o chuveiro”

Riso da Hora

“O Velho e a velha depois de muitas luas sem conseguir dar uma bimbadinha, se acertam  assistindo um filme pornográfico. Extasiado o velho acende um cigarro e sopra a fumaça em forma de circulo. A velha  sorri e  fala displicente                                        olhando para o teto: “ Uai meu véi, ancê pudia era dar uma pintada nessas teia!” O velho levanta os olhos para as telhas, e olha com cara fechada; “Ah é veia do capeta, pur que é que ancê num dá uma bucetada!?”

Fica assim, amanhã tem mais….

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).