Inicio » Internacional » Ásia » Malásia e Indonésia concordam em dar abrigo aos migrantes bloqueados no mar

Malásia e Indonésia concordam em dar abrigo aos migrantes bloqueados no mar


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de maio de 2015
Last modified:20 de maio de 2015

Summary:

Malásia e Indonésia concordam em dar abrigo aos migrantes bloqueados no mar

Malásia e Indonésia concordaram nesta quarta-feira (20) em dar refúgio temporário aos milhares de migrantes bloqueados no mar, desde que possam ser restabelecidos ou repatriados no período de um ano.

Malásia e Indonésia concordaram nesta quarta-feira (20) em dar refúgio temporário aos milhares de migrantes bloqueados no mar.
Malásia e Indonésia concordaram nesta quarta-feira (20) em dar refúgio temporário aos milhares de migrantes bloqueados no mar.

“O reboque e o afastamento (dos barcos) vai cessar”, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Malásia, Anifah Aman, em uma entrevista coletiva conjunta com o colega indonésio, Retno Marsudi.

“Também concordamos em oferecer refúgio temporário com a condição de que o processo de restabelecimento e de repatriação aconteça em um ano pela comunidade internacional”, disse Anifah.

“Indonésia e Malásia concordaram em continuar fornecendo assistência humanitária aos 7.000 imigrantes irregulares que ainda estão no mar”, anunciaram os ministros em um comunicado publicado após uma reunião sobre a chegada de migrantes de Mianmar e Bangladesh.

O ministro das Relações Exteriores da Tailândia, Tanasak Patimapragorn, também participou na reunião, mas não estava presente na entrevista coletiva.

Anifah disse que a Tailândia não aderiu até o momento à proposta porque primeiro deve confirmar se a medida está de acordo com Constituição tailandesa.

“Malásia e Indonésia convidam outros países da região a unir-se neste esforço”, completou Anifah.

O Boticário

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).