Inicio » Colunistas » Júlio Cesar Cardoso » Coluna – O filho do general continua nas mãos de LULA

Coluna – O filho do general continua nas mãos de LULA

Rememorando:

“Na véspera, Mercadante anunciara pelo twitter a decisão de renunciar em caráter irrevogável à liderança da bancada do PT, para mostrar seu inconformismo com o apoio de Lula e do partido ao homem incomum José Sarney. Novamente enquadrado por Lula, subiu à tribuna na tarde seguinte para um discurso inverossímil.

Cabisbaixo, remexendo nervosamente em papéis, perdido em citações desconexas e pedidos de desculpas à família, revogou o irrevogável, renunciou à renúncia e continuou no cargo. Sarney também. Tudo foi perdoado e os dois hoje são amigos de infância.

Nunca antes neste país se viu uma caricatura tão bisonha do Dia do Fico.”

Lula disse recentemente: “Eu sei de umas coisas…” “Se eu quisesse ferrar com ele, já teria feito isso antes”. “Ele que não venha dar uma de ético para cima de mim”.

É, ministro Aloizio Mercadante, Lula sabe muitas coisas dos “aloprados” do PT.

Júlio César Cardoso

Bacharel em Direito e servidor federal aposentado

Balneário Camboriú-SC

Júlio César Cardoso
Júlio César Cardoso

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - Três pessoas ficam feridas em tentativa de homicídio no bairro bairro Santo Amaro

Montes Claros – Três pessoas ficam feridas em tentativa de homicídio no bairro bairro Santo Amaro

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).