Inicio » Mais Seções » Ciência » Estudo conclui que se apaixonar ajuda a emagrecer

Estudo conclui que se apaixonar ajuda a emagrecer

O hormônio ocitocina, liberado durante os beijos, abraços e o sexo, é responsável pela inibição do apetite, aceleração do metabolismo e consequentemente a perda de peso.

Estudo conclui que se apaixonar ajuda a emagrecer
Estudo conclui que se apaixonar ajuda a emagrecer

A dica vem da norte-anericana Harvard Media School, a coisa é séria: se apaixonar ajuda a emagrecer. Essa é a conclusão de um estudo que constatou que o hormônio ocitocina, que é liberado durante os beijos, abraços e o sexo, é responsável pela inibição do apetite, aceleração do metabolismo e consequentemente a perda de peso. A análise foi publicada na revista científica norte-americana ‘Obesity’.

Para a pesquisa, foram recrutados 25 homens “sarados”, 13 com peso “normal” e 12 com “quilinhos a mais”. Sprays com e sem o hormônio foram aplicados nos participantes, sem que eles soubessem qual dos dois estavam recebendo. Depois, eles tomaram café com menu liberado. As calorias consumidas foram medidas pelos pesquisadores.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

Oito semanas depois, os pesquisadores repetiram o experimento com os mesmos participantes e chegaram à conclusão de que aqueles que receberam o “hormônio do amor” consumiram menos calorias e tiveram o metabolismo acelerado.

Os resultados foram promissores na pesquisa de inibição de apetite sem muitos efeitos colaterais, informou o jornal.

oBoticário

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).