Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Estado e município iniciam força-tarefa para reerguer hospital de Januária‏

Norte de Minas – Estado e município iniciam força-tarefa para reerguer hospital de Januária‏

Acompanhando do secretário Paulo Guedes, o diretor de Políticas e Gestão Hospitalar da Secretaria de Estado de Saúde, Danilo Matias, se reuniu com o prefeito Manoel Jorge e a equipe de gestores do hospital para uma apresentação sobre a saúde no município e os pontos críticos que precisam ser solucionados.
Acompanhando do secretário Paulo Guedes, o diretor de Políticas e Gestão Hospitalar da Secretaria de Estado de Saúde, Danilo Matias, se reuniu com o prefeito Manoel Jorge e a equipe de gestores do hospital para uma apresentação sobre a saúde no município e os pontos críticos que precisam ser solucionados.

Com déficit operacional mensal em torno dos R$ 230 mil, o hospital municipal de Januária, no Norte de Minas, enfrenta uma crise que se arrasta há anos e, por várias vezes, já esteve em via de ser fechado. Há cerca de 40 dias, o prefeito Manoel Jorge solicitou ao secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes, a interlocução junto à Secretaria de Estado de Saúde, com um pedido de socorro. Nessa quarta-feira (27/5), uma comitiva do Governo do Estado esteve na cidade para conhecer os problemas de perto e buscar estratégias para o bom funcionamento do sistema de saúde local.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Acompanhando do secretário Paulo Guedes, o diretor de Políticas e Gestão Hospitalar da Secretaria de Estado de Saúde, Danilo Matias, se reuniu com o prefeito Manoel Jorge e a equipe de gestores do hospital para uma apresentação sobre a saúde no município e os pontos críticos que precisam ser solucionados. “Enfrentamos sérios problemas orçamentários, mas também precisamos resolver questões ligadas à gestão da unidade hospitalar, especialmente do ponto de vista de planejamento e equilíbrio entre receitas e despesas, para podermos prestar um melhor serviço à população”, afirmou a diretora do hospital, Carla Fernandes.

Segundo o diretor de política e gestão hospitalar, Danilo Matias, a Secretaria de Estado de Saúde está disposta a dar ao município o apoio necessário para as mudanças que precisam ser feitas. “Com relação ao custeio, já foi feita uma solicitação de levantamento de informações para que esta diretoria avalie junto à Secretaria”, disse ao lembrar que a solução dos problemas não deve ser focada apenas no hospital, mas em toda a estrutura de saúde do município. “É preciso entender o hospital como um ponto de atenção dentro de uma rede inteira que tem de ser analisada e estruturada. É importante fortalecer a atenção primária e dar à população a segurança de que ela vai ser bem atendida nos centros de saúde e nas unidades do PSF (Programa Saúde da Família). É importante também reformular os processos de trabalho no hospital, fortalecendo as equipes que lá estão e encontrando as lideranças e todas as pessoas que desejam fazer esta mudança”, destacou Danilo Matias.

O secretário Paulo Guedes afirma que, ao lado da Secretaria de Saúde, a Sedinor vai acompanhar de perto todo o processo, cumprindo seu papel de interlocução com os demais órgãos do governo para a solução dos problemas regionais. “O Estado vai ajudar e vai estar mais presente, seja diretamente por meio das secretarias envolvidas ou pela Gerência Regional de Saúde (GRS). Sabemos que os recursos são poucos, mas, Januária é uma cidade prioritária, um polo regional que precisa ter seu sistema de saúde melhorado”, disse Paulo Guedes. Segundo ele, as soluções necessárias também podem passar pela busca de novas parcerias. “Vamos procurar outras instituições de saúde na região, vamos conversar com a Santa Casa e buscar meios de uma parceria que possa resolver os problemas não só de Januária, mas de outros hospitais regionais que passam por problemas parecidos”, declarou.

Após a reunião, que contou também com participação da secretária municipal de Saúde de Januária, Jacy Carvalho, dos técnicos Jailton Xavier e André Rocha, além do diretor do Samu Macro Norte, Manasses Gonçalves, a equipe visitou todas as alas do hospital. Otimista com o fortalecimento da parceria com o Estado, o prefeito Manoel Jorge reforçou com toda a equipe de saúde do município o compromisso de unir forças. “Precisamos de uma ação urgente em relação à saúde em Januária e eu não via outro caminho melhor do que a própria Secretaria de Estado de Saúde vir conhecer de perto a realidade e apontar o caminho ao lado da nossa equipe. Vamos trabalhar juntos”, declarou o prefeito.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).