Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Operadoras lançam campanha de informação sobre oferta de internet móvel

Operadoras lançam campanha de informação sobre oferta de internet móvel

Além da campanha na TV, rádio e internet, operadoras estão adotando outras ações, como um Código de Conduta para a Comunicação da Oferta de Internet Móvel

Operadoras lançam campanha de informação sobre oferta de internet
Operadoras lançam campanha de informação sobre oferta de internet

As operadoras de telefonia e internet móvel iniciam hoje, em todo o País, uma campanha de informação sobre os planos de internet móvel. A campanha, em linguagem simples e clara, tem o objetivo de ampliar os conhecimentos dos clientes sobre a navegação na internet móvel. Também trará explicações sobre a franquia e seus limites, exemplos práticos de consumo de dados e de fatores que podem aumentar o consumo ou afetar a velocidade de navegação, além de dicas para melhorar a utilização do plano de dados.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

A campanha Navegar é preciso: você bem conectado será feita na televisão, no rádio e na internet e terá alcance nacional. Os filmes, spots e publicações nas redes sociais vão trazer situações corriqueiras e respostas a dúvidas frequentes dos clientes. Numa outra frente, foi criada uma página na internet, onde o consumidor vai encontrar informações e dicas de como usar o serviço e a melhor maneira de aproveitar o pacote de dados.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Nesta página, o consumidor encontrará informações que o ajudarão a saber qual é o seu perfil de navegador. As operadoras também vão colocar à disposição dos clientes ferramentas que permitam o acompanhamento do consumo de sua franquia de dados de internet móvel. Essas ferramentas estarão disponíveis nas páginas das empresas na internet e também em aplicativos para smartphones.

Além da campanha, as operadoras estão desenvolvendo uma série de ações para melhor informar os clientes. Entre elas está a adoção do Código de Conduta para a Comunicação da Oferta de Internet Móvel – numa iniciativa importante de autorregulação no setor de telecomunicações – com condições a serem observadas pelas operadoras para uma comunicação mais clara, objetiva e transparente das ofertas.

Para a elaboração do Código, foi feito previamente um amplo estudo levando-se em conta as referências nacionais e internacionais, entre elas as iniciativas do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) e da Federação Brasileira de Bancos. Foram analisados aspectos como os processos adotados e os modelos de governança, entre outros.

A adoção do Código de Conduta foi assumida em compromisso público assinado pelas operadoras Algar Celular, Claro, Oi Móvel, Sercomtel, Tim e Vivo, no dia 23 de abril, e apresentado ao Ministério das Comunicações e à Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça. Com o compromisso público, as prestadoras traçaram seu objetivo de tornar suas ofertas ainda mais claras para o consumidor. Essa intenção se consolida com a adoção do Código de Conduta, que vai orientar seus procedimentos, e ganhará amplitude com a campanha nacional.

As empresas reiteram sua firme determinação de contribuir para o desenvolvimento sustentável do Brasil, com a inclusão social de milhões de brasileiros, respeito aos consumidores e permanente busca pela qualidade dos serviços.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).