Inicio » Montes Claros » Montes Claros – CPI das Próteses investiga esquema de fraude em hospitais de Montes Claros

Montes Claros – CPI das Próteses investiga esquema de fraude em hospitais de Montes Claros

Diagnóstico foi apresentado nesta quinta-feira (18) na cidade, por Polícia Federal (PF), prefeitura e Ministério Público Federal (MPF), durante audiência feita pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Montes Claros - CPI das Próteses investiga esquema de fraude em hospitais de Montes Claros
Montes Claros – CPI das Próteses investiga esquema de fraude em hospitais de Montes Claros

Um esquema de desvio de órteses e próteses do Sistema Único de Saúde (SUS) praticado por médicos e empresários, conhecido como a máfia das próteses, causou um rombo R$ 30 milhões aos cofres públicos.

As irregularidades, que incluem realização indevida de procedimentos e recebimento de propina por parte de médicos, de acordo com o prefeito de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, Ruy Muniz (PRB).

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

O diagnóstico foi apresentado nesta quinta-feira (18) na cidade, por Polícia Federal (PF), Prefeitura e Ministério Público Federal (MPF), durante audiência feita pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Órteses e Próteses no Brasil.

“Nós estimamos que quase R$ 30 milhões tenham sido desviados”, comenta Muniz, que nesta semana passou ao Estado a gestão dos recursos do SUS. Conforme inicialmente divulgado pela PF, que no dia 2 realizou a operação Desiderato na cidade, o valor desviado em Montes Claros era de aproximadamente R$ 5 milhões.

A prefeitura informou estar “investigando internamente (o caso) para saber quem são os realizadores (da fraude). Os nomes dos suspeitos de envolvimento no caso ainda não foram relacionados.

O prefeito apontou o envolvimento na fraude de Maurício Sérgio Sousa e Silva, superintendente da Santa Casa de Montes Claros. “Ele é o líder do bando.”

No entanto, na audiência, Sousa e Silva se disse “tranquilo” e afirmou que sindicância foi aberta para apurar denúncia feita por paciente da unidade que teria sido cobrado em R$ 40 mil para a colocação de prótese. O prefeito ironizou. “Como um ladrão desses pode investigar alguma coisa? Os gestores dos hospitais certamente sabem dos desvios”.

Procurado para se posicionar sobre as acusações, o superintendente da Santa Casa não foi encontrado.

Convocados, médicos faltam a audiência

Convocados pela CPI a comparecer à audiência pública de quinta, dois dos médicos suspeitos de envolvimento no esquema, Gerson Miranda e Zandonai Miranda não foram ao evento.

Afastado da Santa Casa por 180 dias, Zandonai é apontado pelo superintendente da Santa Casa de Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva, como o responsável pela cobrança de R$ 40 mil a um paciente por colocação de prótese, em quatro parcelas de R$ 10 mil. Sindicância da unidade apura o ocorrido. O profissional se dispôs a devolver o valor recebido.

Nove deputados da CPI ouviram o procurador da República André Dias e o delegado da Polícia Federal (PF) Marcelo Freitas, que apuram o caso. Também foram ouvidos a secretária municipal de Saúde, o diretor-presidente do Hospital Dilson Godinho, o prefeito, o superintendente da Santa Casa, pacientes e testemunhas da operação Desiderato, deflagrada pela PF no início do mês. (MC)

Entenda o caso

Relembre. No dia 2, a PF deflagrou a operação Desiderato, na qual três médicos de Montes Claros, no Norte, foram presos por suspeita de fraudar o colocação de stents – próteses para desobstrução da artéria coronariana – em hospitais do SUS.

Prejuízo. À época, a PF informou que o esquema, investigado desde 2014, causou prejuízo de R$ 5 milhões aos cofres públicos desde 2011. Também foram presos uma secretária, um representante comercial e dois empresários da indústria de próteses. A reportagem não conseguiu confirmar se todos seguem encarcerados.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).