Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Vereador Eduardo Madureira denuncia vereadores que recebem sem exercer a função

Montes Claros – Vereador Eduardo Madureira denuncia vereadores que recebem sem exercer a função


Reviewed by:
Rating:
5
On 7 de julho de 2015
Last modified:7 de julho de 2015

Summary:

Montes Claros - Vereador Eduardo Madureira denuncia vereadores que recebem sem exercer a função

Vereador Eduardo Madureira denuncia vereadores que recebem sem exercer a função
Vereador Eduardo Madureira denuncia vereadores que recebem sem exercer a função

O Vereador Eduardo Madureira apresentou denúncia hoje, durante reunião ordinária na Câmara Municipal, contra os vereadores Diu Andrade e Ladislau. Segundo Madureira, os dois assumiram o cargo de vereador na Câmara Municipal, em janeiro de 2013, mas continuaram recebendo o salário dos antigos serviços, sem exercerem as funções.

O vereador Diu Andrade recebeu de 2013 a 2014 o valor bruto de R$ 41.750,83.
O vereador Diu Andrade recebeu de 2013 a 2014 o valor bruto de R$ 41.750,83.

.

Vereador Diu Andrade
Vereador Diu Andrade

.

O vereador Ladislau é registrado no Portal da Transparência do Município de Montes Claros como motorista de categoria D, lotado na Divisão de Sistemas de Segurança Pública – DISSP. Já Diu Andrade possui o cargo de fiscal municipal na Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer. Madureira explica que nenhum dos vereadores exercem as funções acima. “Quando a gente chega nos locais ondem eles estão registrados, somos informados que não trabalham lá mais”, lembrou o vereador.

o vereador Ladislau recebeu de 2013 a 2015, um total de R$ 54.422,97 de salário bruto
O vereador Ladislau recebeu de 2013 a 2015, um total de R$ 54.422,97 de salário bruto

.

Vereador Ladislau
Vereador Ladislau

.

Somando todos os valores indicados pelo site Portal da Transparência de Montes Claros, o vereador Ladislau recebeu de 2013 a 2015, um total de R$ 54.422,97 de salário bruto. Já o vereador Diu Andrade recebeu de 2013 a 2014 o valor bruto de R$ 41.750,83.

Segundo Madureira, após terem conhecimento das investigações, os vereadores solicitaram licença sem vencimento do município. Os mesmos estão sendo investigados pelo Ministério Público. “Vamos acompanhar de perto o resultado das investigações. Se realmente for comprovado que eles não exercem as funções, podem ser condenados a devolverem os valores a até perderem o mandato de parlamentar”, esclarece Madureira.

O Boticário

///////////////////////////

.

Segue abaixo link para consulta dos vencimentos dos vereadores:

http://www.montesclaros.mg.gov.br/pronimtb/index.asp

Para consultar, siga as instruções:

Clicar em gestão de pessoas > funcionário

Digitar o nome completo do vereador e colocar o mês e ano da consulta.

Ladislau Ronaldo Ferreira, de janeiro de 2013 a maio de 2015.

Adilson Rodrigues Andrade, de janeiro de 2013 a março de 2014 e Adilson Rodrigues de Andrade, de abril a julho de 2014. (alteração apenas na palavra DE).

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).