Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Em 2014, seis prefeitos da Microrregião de Januária embolsaram acima de R$ 100 mil em diárias

Norte de Minas – Em 2014, seis prefeitos da Microrregião de Januária embolsaram acima de R$ 100 mil em diárias

Norte de Minas - Em 2014, seis prefeitos da Microrregião de Januária embolsaram acima de R$ 100 mil em diárias
Norte de Minas – Em 2014, seis prefeitos da Microrregião de Januária embolsaram acima de R$ 100 mil em diárias

.

Os prefeitos de São João das Missões, Bonito de Minas e Manga, são os recordistas em recebimento de diárias entre os 16 gestores de municípios que formam a Microrregião de Januária e Manga, no Norte de Minas. Em 2014 eles embolsaram média de 10 a 15 mil reais por mês a título de diárias, fora os salários. As informações estão disponíveis no siteFiscalizeagora.org (http://fiscalizeagora.org/fiscalize.php) e no Portal Minas Transparente (http://minastransparente.tce.mg.gov.br/), mantido pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O recordista absoluto do ranking é o prefeito de São João das Missões, considerado um dos municípios mais pobres do Estado. Marcelo Pereira de Souza (PT) embolsou R$ 185.580,00 em diárias em 2014. Marcelo vem se destacando em toda a região como grande criador de cavalos de raça. Seu plantel já superaria o valor de R$ 1 milhão. Apenas um de seus cavalos estaria avaliado R$ 300.000,00.

Na outra ponta do ranking, o prefeito que menos recebeu diárias em 2014 foi o de Icaraí de Minas. Raimundo Pereira da Fonseca (PR) teria embolsado apenas R$ 20.550,00.

Um funcionário da secretaria municipal de Saúde de Januária recebeu mais diárias que o prefeito Manoel Jorge de Castro. Jailson Xavier embolsou R$ 27.490,00, enquanto o prefeito R$ 27.304,35.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Na segunda melhor colocação do ranking, disputando cabeça a cabeça com o prefeito de Missões, está José Reis Nogueira de Barros (PPS), de Bonito de Minas. Ele embolsou diárias no valor de R$ 130.200,00 em 2014. Logo atrás, está o prefeito de Manga. Ano passado, Anastácio Guedes Saraiva embolsou R$ 126.162,00 em diárias.

No páreo dos prefeitos que embolsaram acima de R$ 100 mil em diárias no ano passado ainda estão Raimundo Nonato Pereira (DEM), de Miravânia, com R$ 108.930,00; Edmárcio Moura Leal (PSC), de Matias Cardoso, com R$ 108.765,47; e Vicente Gonçalves de Almeida (PMDB), de Chapada Gaúcha, com R$ 103.400,00.

Os números impressionam se comparados com o volume de diárias pago a prefeitos de cidades maiores. O prefeito Márcio Araújo de Lacerda, de Belo Horizonte, embolsou R$ 7.852,92 em diárias no ano passado. O prefeito Ruy Muniz (PRB), de Montes Claros, teria embolsado apenas uma diária, no valor de R$ 13.457,20, para uma viagem a Porto Real e Viana do Castelo, em Portugal, e a Barcelona, na Espanha, para “conhecer práticas desenvolvidas nas áreas de educação, saúde, esporte, meio ambiente e resíduos sólidos”.

Por Fábio Oliva

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).