Inicio » Economia » Brasil perde mais de 345 mil postos de trabalho no semestre

Brasil perde mais de 345 mil postos de trabalho no semestre

Brasil perde mais de 345 mil postos de trabalho no semestre
Brasil perde mais de 345 mil postos de trabalho no semestre

.

A quantidade de empregos formais no Brasil apresentou uma nova redução em junho. De acordo com dados oficiais do Ministério do Trabalho, divulgados nesta sexta-feira (17), houve uma redução de 111.199 vagas em todo país.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

O resultado é o mais baixo para o mês desde o início da série histórica, iniciada em 1992, quando a redução de vagas chegou a 3.738.

O resultado de junho é semelhante ao observado no mês anterior, maio, quando a redução foi de 115.599 empregos celetistas.

Dentre os principais setores onde houve perda de vagas estão: a indústria da transformação (que diminuiu 64.228 postos), serviços (retração de 39.130) e o comércio (menos 25.585).

O governo atribui o encolhimento no setor de serviços ao recuo de quatro atividades: comércio e administração de imóveis, ensino (por motivo sazonal relacionado ao ciclo escolar), serviços de transportes e comunicações.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Minas Gerais

Destaques positivos para os Estados de Minas Gerais, que criou 9.746 vagas, Mato Grosso, com 3.602 novas oportunidades com carteira assinada, o Maranhão, com 2.001 e Goiás, com 3.602.

Na lista dos Estados em que mais houve perda de vagas com carteira assinada, São Paulo aparece no topo. A redução chegou a 52.286 postos. A mais acentuada do país.

O Rio Grande do Sul aparece em seguida, com fechamento de 14.013 vagas. Depois vem o Paraná, que perdeu 8.893 e Santa Catarina, com 7.922.

SEMESTRE

No acumulado do primeiro semestre de 2015, o Brasil já perdeu 345.417 empregos celetistas. Foram 9.819.178 admissões e 10.164.595 desligamentos.

De janeiro a junho, as possibilidades de trabalho formal retraíram nas regiões Sudeste, Nordeste e Norte.

As regiões Centro-Oeste e Sul apresentaram resultado positivo, embora com crescimento discreto.

SALÁRIOS MENORES

Segundo dados do Caged (Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados), os salários médios de admissão também apresentaram queda real, de 1,63% em relação ao mesmo semestre de 2014.

O valor médio inicial para contratação foi de R$ 1.271, em 2014, para R$ 1.250, em 2015.

Há também diferenciação por gênero. Queda real de 1,87% nos salários quando tratada a admissão de homens e de 0,86% nas admissões de mulheres.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).