Inicio » Cultura MOC » Montes Claros – Editora Unimontes lança livro sobre a religiosidade sertaneja

Montes Claros – Editora Unimontes lança livro sobre a religiosidade sertaneja


Reviewed by:
Rating:
5
On 14 de agosto de 2015
Last modified:14 de agosto de 2015

Summary:

Montes Claros - Editora Unimontes lança livro sobre a religiosidade sertaneja

Será lançado nesta segunda-feira (17/8), às 20 horas, no Museu Regional do Norte de Minas (antigo Casarão da Fafil), o livro “Em Busca da Religiosidade Sertaneja: Fé e Cultura nos Sertões dos Gerais”, de autoria do professor e historiador Jânio Marques Dias, diretor de Documentação e Informações da Universidade Estadual de Montes Claros. O lançamento da obra faz parte da programação do evento “A gosto da Unimontes”.

Professor Jânio Marques Dias - Foto: Raimundo Santana
Professor Jânio Marques Dias – Foto: Raimundo Santana

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

Publicado pela Editora Unimontes, o livro resulta de pesquisa desenvolvida durante 18 meses pelo como trabalho de conclusão do mestrado em História pela Unimontes. Como fonte de pesquisa, o professor utilizou documentos do Centro de Pesquisa e Documentação Regional da Unimontes e jornais que circularam em Montes Claros no período entre o final do século XIX e a década de 1930.

A obra é dividida em três capítulos, com 189 páginas. “No primeiro capítulo, é descrito o espaço sertanejo no início do século XX, as pessoas que viviam neste espaço e os lugares de domínio destas pessoas. Neste segundo, procuro descrever as antigas festas aqui existentes com suas práticas devocionais e a importância de cada uma delas para a consolidação da religiosidade popular no meio sertanejo. No terceiro capítulo é feita uma análise das novas devoções inseridas no meio a partir da chegada de missionários europeus”, relata o autor.

.

O Boticário

///////////////////////////

.

USOS E COSTUMES

O professor Jânio Marques Dias explica que o livro apresenta uma análise da história dos usos e costumes das pessoas no final do século XIX e no início do século XX, destacando práticas e devoções dos sertanejos. Também é abordada a instalação da Diocese de Montes Claros, criada em 1910, pelo Papa Pio X, tendo como primeiro bispo Dom João Antônio Pimenta.

O escritor e pesquisador salienta que a obra traz uma grande contribuição para melhor conhecimento da história e da religiosidade na região. “Saímos do senso comum e partimos para uma pesquisa científica mais elaborada. Desta forma, o livro contribuirá para a melhor compreensão da história local”, afirma Jânio Marques Dias.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).