Inicio » Nacional » Brasil – Índios da Amazônia ganham cartilha para prevenção da aids e outras doenças

Brasil – Índios da Amazônia ganham cartilha para prevenção da aids e outras doenças

Publicação trata do tema sob a perspectiva da cultura indígena, é dirigida a crianças e adolescentes em idade escolar e será utilizada em escolas e serviços de saúde
Publicação trata do tema sob a perspectiva da cultura indígena, é dirigida a crianças e adolescentes em idade escolar e será utilizada em escolas e serviços de saúde

.

Os índios kanamari, que vivem no Vale do Javari, no Amazonas, ganharão uma cartilha própria com orientações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), aids e hepatites virais, além de conscientização sobre o uso de álcool e outras drogas. Desenvolvida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids (Unaids), a cartilha será lançada nesta terça-feira (18) no município de Atalaia do Norte.

A publicação trata do tema sob a perspectiva da cultura indígena, é dirigida a crianças e adolescentes em idade escolar e será utilizada em escolas e serviços de saúde. Ela foi elaborada pelos próprios índios e traduzida para o português. Entre as recomendações estão não beber nem levar bebida alcoólica para a aldeia, respeitar, resguardar-se e não ter relações sexuais quando beber Ramih (uma bebida típica indígena), além de não aceitar estrangeiros (peruanos ou brasileiros) e outros desconhecidos nas aldeias.
Segundo a oficial de Educação da Unesco no Brasil Mariana Braga, a cartilha levou um ano e meio para ficar pronta e foi construída com base em diálogos com os kanamaris, para que tivesse um recorte cultural da própria etnia. “Isso é o que torna a cartilha diferente de todos os materiais produzidos para a população indígena, foi produzido por eles”.
.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.
A série foi elaborada com base em informações coletadas em oficinas de prevenção realizadas no Vale do Javari, que fica próximo à fronteira do Brasil com a Colômbia e o Peru, com a participação de antropólogos, professores, agentes indígenas de saúde, pajés, curandeiros, parteiros e lideranças de diferentes povos da região.
Mariana conta que existem na cartilha recomendações como não comprar aparelho de som, pois para os kanamaris isso é uma ameaça à própria cultura. “Foi uma recomendação do povo Kanamari para prevenção. Não posso dizer até que ponto isso está influenciando, mas o que eles querem é que isso não corra. Então sugerem que as escolas trabalhem a questão da valorização da cultura local e o não uso e a não valorização de culturas brancas.”
A cartilha Falando sobre Prevenção às DST/Aids e Hepatites Virais – Kanamari é a quarta da Série Javari, uma coleção elaborada pela Unesco e pelo Unaids, em parceria com o Ministério da Saúde e a Fundação Nacional do Índio. Mais três volumes da série foram dirigidos aos índios matis, mayorunas (Matsés) e marubos e estão disponíveis no site da Unesco no Brasil.
.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.
Segundo Mariana, a Unesco, juntamente com o Ministério da Saúde, já relacionou um grupo de dez etnias que são mais acometidas pelo HIV, pelas hepatites e pelo uso de álcool, para a construção de cartilhas semelhantes. “Nós temos essa lista pronta e vamos atrás de financiamentos, recursos e parceiros para nos apoiar nessa inciativa”, disse ao acrescentar que nem todas as etnias listadas são da Amazônia.
Da agência brasil
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).