Inicio » Boca no Trombone » Boca no Trombone – Obras publicas paradas

Boca no Trombone – Obras publicas paradas

O Internauta, Charlanes Oliveira Santos, faz a seguinte denúncia.

“Só no meu bairro nem vou falar de outros lugares que meus familiares moram tem uma avenida que corta o bairro faz divisa Maracanã e Jardim São Geraldo tem mais de 8 anos tem uma UPA no Chiquinho G.  a 100 metros da minha casa que já tem 3 anos parada os ferros estão enferrujando.

Tem um ponto perto da porta da favela que e tudo escuro a noite e duas moças já foram roubadas vindo da faculdade. No local tem um poste com refletores que somente ligam em dia de trabalhos da Igreja Católica e nos outro dias não.

Obrigado, e aguardo que os responsáveis tomem as medidas necessárias para concerta a UPA, e as lampadas do poste. Espero ter resposta a altura.

A Paz de Deus esteja com todos vos.

Charlanes Oliveira Santos

Nota: O Jornal Montes Claros, ira fazer seguimento, e ira tomar providencias sobre esta denúncia. Fazendo chegar aos responsáveis a mesma. Acreditamos que os mesmo tomem as devidas providencias.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).