Inicio » Internacional » América » América – Adolescente é enterrada viva por engano, consegue sair, mas morre no mesmo dia

América – Adolescente é enterrada viva por engano, consegue sair, mas morre no mesmo dia

Uma história macabra deixou Honduras, na América Central, totalmente em choque. Aconteceu com Neysi Perez, que foi enterrada viva aos 16 anos devido a erros médicos. A família só descobriu que ela não havia morrido por conta de uma visita feita por seu marido um dia depois do velório.
América - Adolescente é enterrada viva por engano, consegue sair, mas morre no mesmo dia
América – Adolescente é enterrada viva por engano, consegue sair, mas morre no mesmo dia

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Ao abrirem o caixão para verificar o que havia acontecido, perceberam que as mãos da menina estavam cheias de hematomas, sinais dos socos que deu para tentar se libertar. Ela ainda foi atendida por médicos, mas já não estava viva quando os profissionais começaram a prestar os socorros necessários. Horas depois, foi enterrada novamente no mesmo local.

De acordo com relatos de parentes, Perez estava caminhando durante a noite para usar o banheiro que fica fora de sua casa quando ouviu disparos de armas de fogo. Na sequência, teria tido um ataque de pânico que resultou em um colapso. Espumando pela boca, ela foi tratada como “possuída pelo demônio” por sua família, que é extremamente religiosa.
O padre tentou exorcizá-la em sua própria casa, mas como se tratava de um problema médico, a menina não reagia e, por isso, foi levada a um hospital. Lá chegando, foi dada como morta e enterrada logo na sequência — usava, inclusive, o vestido que utilizara em seu casamento.
“Foi no dia seguinte ao enterro que o marido foi visitar o túmulo e ouviu gritos e socos. Como a estrutura era toda de concreto, ele começou a berrar por ajuda para quebrar tudo e tirá-la de lá. Quando abriram a sepultura, carregaram-na para o hospital dentro do próprio caixão, já aberto. Foi uma correria”, afirmou um funcionário do cemitério ao Mirror.
.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.
Examinada no hospital, a menina não resistiu ao dia todo que passou trancafiada no caixão e morreu. Responsáveis pelo atendimento da garota afirmam que ela provavelmente teve um ataque de pânico tão severo que seu coração parou de funcionar por algum tempo. A família, agora, culpa o hospital que deu o atestado de óbito e pretende processá-lo pela morte de Neysi.
Do Daily Mirror
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).