Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil 2015 – Galo leva gol no fim e é eliminado da Copa do Brasil

Copa do Brasil 2015 – Galo leva gol no fim e é eliminado da Copa do Brasil

O Atlético está eliminado da Copa do Brasil em uma partida marcada por nova expulsão de Leonardo Silva – mais uma vez polêmica (errada?) – e a equipe de Levir Culpi sucumbindo nos minutos finais. Típica trajetória vista a favor do Galo, agora virada a favor do adversário. Vitória do Figueirense por 2 a 1 com gol de Edcarlos para os mineiros e Leandro Silva e Marcão para os mandantes – jogo de ida foi 1 a 1, no Independência.

Atlético perde com um gol aos 44 minutos e está fora da Copa do Brasil
Atlético perde com um gol aos 44 minutos e está fora da Copa do Brasil

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O próximo jogo do Galo será diante do Fluminense, no domingo, pelo Brasileiro.

Etapa inicial. A necessidade de fazer gols só corroborou para a intensidade ofensiva do Atlético ser explicitada desde os primeiros minutos de jogo. O Figueirense, mesmo em seu domínio, repetiu o jogo mais defensivo, com os contra-ataques como a arma principal.

Para exemplificar o “estilo de jogo” do Figueira, antes mesmo dos 10 min de partida, o goleiro Alex Muralha já demorava para cobrar o tiro de meta, algo visto com frequência na partida em Belo Horizonte. Do outro lado, Victor precisou entrar em ação para salvar o Galo por duas vezes, com belas defesas.

Na metade final do primeiro tempo, aos 34 min, Clayton aproveitou escorregão de Jemerson e buscou ganhar na corrida de Léo Silva, mas acabou caindo no chão. O juiz apitou e colocou a mão no bolso de trás. Nova expulsão polêmica do capitão atleticano – levou o vermelho contra a Chapecoense em lance um pouco semelhante.

A resposta mineira para o infortúnio veio já perto dos acréscimos com Edcarlos, que entrou na vaga de Patric para ocupar o buraco na zaga. O zagueiro desviou cobrança de falta de Giovanni Augusto e abriu o placar aos 44 min.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Segundo tempo. A vantagem no marcador e o jogador a menos do Galo virou o jogo por completo. Os mandantes se jogaram para a área de Victor e foi a vez do Atlético apostar nos contra-ataques. A sequência de ataques do Figueira levou ao empate aos 26 min com Leandro Silva, de cabeça.

O campo molhado pela chuva e a correria atleticana fizeram os mineiros ficarem estafados. O Figueira usava e abusava dos cruzamentos para a área. E a ideia deu certo aos 44 min da etapa final, com gol de Marcão de novo de cabeça após cobrança de escanteio.

As polêmicas no segundo tempo ficaram para a “famosa” bola na mão de Jemerson, com o pênalti sendo pedido pelos mandantes – o placar ainda marcava 1 a 1 – e uma troca de empurrões após Alemão tentar uma jogada de efeito já perto do fim do jogo.

Atlético eliminado da Copa do Brasil e agora obrigado a focar totalmente na busca pelo título do Campeonato Brasileiro.

 Do Super FC
.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).