Inicio » Minas Gerais » MG – Governo de Minas Gerais publica nova lista com 1,5 mil nomeações para setor de Educação

MG – Governo de Minas Gerais publica nova lista com 1,5 mil nomeações para setor de Educação

Relação é a sexta em oito meses de administração; ao todo, Estado já nomeou mais de 9 mil profissionais para a área pedagógica este ano.

MG - Governo de Minas Gerais publica nova lista com 1,5 mil nomeações para setor de Educação
MG – Governo de Minas Gerais publica nova lista com 1,5 mil nomeações para setor de Educação

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O mês de agosto termina com a publicação de mais 1,5 mil nomeações de profissionais aprovados em concurso da Secretaria de Estado de Educação (SEE). Desde março deste ano, 9.008 profissionais foram nomeados para a rede estadual de ensino. Deste total, 80% são para o cargo de professor, ou seja, 7.167 professores. Também foram nomeados 704 especialistas, totalizando 7.871 nomeações para a área pedagógica.

Outro destaque é que, dos profissionais nomeados até o momento, 92% vão atuar nas escolas estaduais. São, além de professores e especialistas, 425 técnicos escalados para as escolas. Para atuar no setor administrativo do órgão central e das Superintendências Regionais de Ensino, foram 712 nomeações. É a primeira vez que, em oito meses de gestão, o Governo de Minas Gerais nomeia mais de 9 mil servidores na Educação.

A relação dos 1,5 mil novos servidores nomeados neste mês foi publicada na edição do último sábado (29/8), no Diário Oficial de Minas Gerais. Esta é a sexta lista publicada pela atual gestão e traz 1,3 mil nomeações para a área pedagógica, sendo 1.169 para o cargo de professor para os anos finais do ensino fundamental e ensino médio e 131 para o cargo de especialista da Educação Básica. A lista traz ainda a nomeação de 200 profissionais para atuarem na área técnico-administrativa dos órgãos de gestão.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

De acordo com a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Augusta Mendonça, a Secretaria de Estado de Educação tem como objetivo o aprimoramento dos processos de ensino e aprendizagem e a redução das desigualdades educacionais no estado – e isso passa pelo aumento do número de servidores efetivos na rede.

“Precisamos investir no quadro de pessoal efetivo em nossas escolas para que professores e especialistas possam estabelecer vínculos mais próximos com os estudantes e suas famílias, garantindo assim um ensino de melhor qualidade. A garantia disso se efetiva por meio da nomeação de professores e especialistas, o que corresponde a um percentual de 87% dos servidores já nomeados em 2015”, afirma a subsecretária. A previsão de nomeação para este ano são, ao todo, de 15 mil profissionais. Até o fim de 2018, o Estado deverá contratar 60 mil profissionais para a Educação.

Exames

Uma vez publicada a nomeação, o aprovado deve submeter-se a exame médico pré-admissional, a ser realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO) da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), nas datas e horários informados no endereço eletrônico: http://www.planejamento.mg.gov.br/concursos-e-estagios/concursos-publicos/concurso-da-secretaria-de-estado-de-educacao-edital-seplag-see-n-01-2011.

Agência Minas

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).