Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Polícia Militar prende dois homens por estelionato no bairro Cidade Nova

Montes Claros – Polícia Militar prende dois homens por estelionato no bairro Cidade Nova

Ontem, 31 de agosto, por volta das 12h, na Praça Presidente Tancredo Neves, bairro Cidade Nova em Montes Claros, a Polícia Militar registrou um estelionato vindo a prender os autores.

Montes Claros - Polícia Militar prende dois homens por estelionato no bairro Cidade Nova
Montes Claros – Polícia Militar prende dois homens por estelionato no bairro Cidade Nova

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Segundo relatos da vítima, ele colocou um anúncio de venda da sua motocicleta na internet e, no dia 30/08/2015, uma pessoa se identificando como “Marcelo” fez contato  por telefone, interessado em comprar a motocicleta.

A vítima mostrou a motocicleta pessoalmente ao “Marcelo” que se fazia acompanhado de um outro homem que se dizia funcionário do comprador, ambos fecharam a compra, ficando o comprador responsável por transferir a quantia de R$ 11.500,00 (onze mil e quinhentos reais) para a conta do solicitante e de apanhar a motocicleta na rodoviária de Montes Claros.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Contudo, o solicitante teve informações, também pela internet, de que haviam dois homens, aplicando golpes nos vendedores de motocicleta da região, que utilizavam o mesmo número de telefone no qual ele havia recebido a chamada do futuro comprador da motocicleta e que faziam o pagamento através de depósito.

Os suspeitos ainda mandavam as vítimas consultarem o saldo, que já aparecia com o valor do depósito, contudo depositavam envelopes vazios.

O solicitante se deslocou ao banco, retirou um extrato da sua conta e percebeu que ao invés de transferência o autor efetuou um depósito em cheque, conforme consta no extrato bancário.

Uma testemunha, funcionário do banco, relatou que vários clientes procuraram o referido banco relatando a mesma situação.

Diante dos fatos, militares deslocaram ao terminal rodoviário de Montes Claros com o solicitante, local onde seria entregue a motocicleta.

Os autores, ao avistarem a viatura policial, se deslocaram em direção a um hotel próximo e rapidamente desapareceram.

Em contato com a direção do hotel, foi constatado que havia um hóspede cadastrado com o nome Marcelo, hospedado desde 28/08/2015.

Em contato com os hóspedes, esses se apresentaram CNHs de J.de S. 45 anos e, R.I.da S., 34 anos.

Os autores foram reconhecidos por testemunhas e após buscas, foram localizados em seus pertences: 02 (duas) carteiras de Identidade Civil em nome de D.B.P., e M.O.S. além de um CPF em nome do último, nome este usado por um deles como sendo o comprador da motocicleta.

Os estelionatários foram presos em flagrante e entregues na delegacia da Polícia Civil juntamente com os materiais e documentos apreendidos.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).