Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Homem é preso suspeito de cultivar pés de maconha em Ninheira

Norte de Minas – Homem é preso suspeito de cultivar pés de maconha em Ninheira


Reviewed by:
Rating:
5
On 2 de setembro de 2015
Last modified:2 de setembro de 2015

Summary:

Norte de Minas - Homem é preso suspeito de cultivar pés de maconha em Ninheira

A Polícia Militar prendeu no início da manhã de ontem, em Ninheira, no Norte de Minas, um homem suspeito de cultivar em sua casa, pés de maconha.

Norte de Minas - Homem é preso suspeito de cultivar pés de maconha em Ninheira
Norte de Minas – Homem é preso suspeito de cultivar pés de maconha em Ninheira

.

A prisão de G. D. S. de 47 anos, se deu após cumprimento ao mandado de busca e apreensão na casa dele no povoado de Mangueiro, zona rural de Ninheira.

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

No local, foram encontrados cerca de 62 (sessenta e dois) pés da erva semelhante à conhecida cientificamente por cannabis sativa, mais conhecida popularmente por maconha.

O proprietário da residência alegou que havia conseguido a semente da erva em Vitória da Conquista/BA, e que havia iniciado o cultivo da erva em seu quintal há cerca de três meses e, segundo ele, para seu consumo próprio.

As plantas foram encaminhadas juntamente com o  suspeito, para a Delegacia de Polícia Civil.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).