Inicio » Colunistas » Alberto Sena » Coluna de Alberto Sena – Pela duplicação da BR-251

Coluna de Alberto Sena – Pela duplicação da BR-251

Nasceu no âmbito do Facebook uma página intitulada “Pela duplicação da BR 251”. Jonas Antunes, de Montes Claros, que dentre outras muitas qualidades é sobrinho de Oswaldo Antunes, dono do lendário O Jornal de Montes Claros, JMC chamado, criou a página e estamos com ele e quem mais interessar possa alimentá-la no Facebook.

“Pela duplicação da BR-251”. A ideia é concentrar nessa página tudo que acontecer daqui para frente na rodovia, que leva a pecha de uma das malditas do Brasil diante do quadro de sucessivos acidentes que roubam preciosas vidas humanas.

O que mais nos deixa indignados é que morrem famílias na rodovia e tudo parece ficar do mesmo jeito, como se nada tivesse acontecido, como se nada mais pudesse ser feito a não ser registrar estatisticamente mais um acidente que a mídia noticia. E pronto. Esse é um exemplo gritante da banalização da vida humana.

O movimento “Pela duplicação da BR-251” não tem caráter político partidário. Mas é um movimento político porque a gente sabe que abaixo de Deus é a política que determina o nosso modus vivendi. É a política que tem a obrigação de atender o mais breve possível a nossa exigência, porque é exigência de uma coletividade, de milhões de pessoas que se utilizam da BR-251 todo dia.

De Grão Mogol, por exemplo, diariamente sai um ônibus com estudantes que fazem algum curso em Montes Claros. Os estudantes vão e voltam depois das aulas. Essa turma corre risco diuturnamente porque a rodovia recebe carga pesada sobre o asfalto em muitos pontos esburacados.

Não pedimos, exigimos a duplicação da BR-251, já. Daqui pra frente todo acidente registrado naquela importante via a responsabilidade é e sempre será do governo federal, que se mostra omisso diante do quadro avassalador da rodovia.

Não podemos mais ficar paralisados diante dos acontecimentos sem tomarmos atitudes. Não basta ter vontade política para resolver os problemas. É necessária ação política. Sem desviarmos da meta – Pela duplicação da BR-251 – vamos nos unir até alcançarmos o objetivo.

A nova página foi criada para ser ponto de convergência de todos os problemas registrados na BR, que leva o nome de Júlio Garcia. Não dá mais pra ficarmos como espectadores inoperantes. Vamos fazer todo possível para incomodar o governo federal até conseguirmos a duplicação da rodovia. A meta (o objetivo, a finalidade) é: a duplicação já, da BR-251.

Só quem depende dela sabe o quanto essa rodovia que corta Montes Claros trouxe de bom e de ruim para a cidade. Por um lado, contribuiu para o seu crescimento, mas por outro recebeu gente dos quadrantes do Brasil, nem todos de boa índole.

O mais dramático, entretanto, é o que acontece no dia a dia da rodovia que regurgita carretas, cegonheiras, caminhões e carros de passeio. Se por um lado deparamos com motoristas irresponsáveis ou movidos a rebites, que fazem ultrapassagens em locais proibidos e causam acidentes como o que se deu dia 5, sábado, por outro lado, a rodovia é estreita para a quantidade de veículos que nela trafegam.

Há muito tempo a BR-251 já devia ter sido duplicada. No caso particular dos montesclarinos e grãomogolenses, todos deveriam se unir nesta página para exigir a duplicação da rodovia. Postem fotos e textos sobre ocorrências registradas nessa rodovia e juntos seremos fortes para, enfim, fazer o governo federal se mexer. Basta de conversas. Queremos ações práticas já. Pela duplicação da BR-251.

Já presenciamos várias cenas que poderiam gerar graves acidentes nessa fatídica rodovia. O mais recente foi semana passada quando retornava a Grão Mogol vindo de Montes Claros. O motorista de uma carreta saiu do posto de gasolina como se no local tivesse um semáforo aberto pra ele.

De duas, uma: ou o camarada é irresponsável de nascença e devia estar preso para não pôr em risco a vida de ninguém, ou ele estava à base de rebites, opção mais provável para explicar a ação dele. Se o motorista do nosso carro não fosse competente, nós teríamos nos enfiado debaixo da carreta, simplesmente atravessada na nossa frente.

O motorista pisou no freio e ainda jogou o carro para o acostamento onde ficamos esperando o louco terminar a manobra para seguir em frente. O ar cheirava pneus. E o motorista da carreta ainda esbravejou-nos alguma coisa e fomos adiante certos de que escapamos por um triz. (Visite a página “Pela duplicação da BR-251”, que em dois dias teve mais de 15 mil acessos).

Por Alberto Sena

Alberto Sena
Alberto Sena

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. pesso todos os dias, o governo federal tem como realizar os trabalhos da rodovia,tem que ser feito,e um dever e direito de todos nos de cobrarmos, cada cidadao brasileiro tem direito e governo tem que ouvir a voz